Campo Grande (MS) inicia operação de corredor de ônibus

Objetivo é reduzir em 25% o tempo médio do trajeto de ônibus centro /bairro e bairro/centro. Foto: Divulgação / Prefeitura de Campo Grande.

Trecho nas ruas Guia Lopes / Brilhante / Marechal Deodoro entrou em vigor nesta segunda (18)

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Campo Grande (MS) iniciou a operação de um corredor de ônibus nesta segunda-feira, 18 de abril de 2022.

O primeiro trecho do Corredor Sudoeste do transporte coletivo foi implantado nas ruas Guia Lopes / Brilhante / Marechal Deodoro.

Segundo a Prefeitura, o objetivo é reduzir em 25% o tempo médio do trajeto de ônibus centro / bairro e bairro / centro.

“Quando toda a malha de corredores, com mais de 54 km, estiver funcionando, a expectativa é que a velocidade média dos ônibus passa de 16 para 20 km/h. Este primeiro trecho, de 3,5 km, liga a Avenida Afonso Pena ao Terminal Bandeirantes”, detalhou a Prefeitura, em nota.

Circulam diariamente pelo corredor colocado em funcionamento nesta segunda-feira, 45 ônibus de 6 linhas (Caiobá /Aero Rancho, Centro /Santa Emília , Centro/Lageado , Aero Rancho /General Osório , Bandeirantes/Nova Bahia e Aero Rancho /Nova Bahia).

OUTROS TRECHOS

Em nota, a Prefeitura informa que nos próximos dias serão retomadas as obras do trecho complementar do Corredor Sudoeste, ligação entre os terminais Bandeirante e Aero Rancho pela Avenida Marechal Deodoro.

O trecho de 5,2 quilômetros já foi recapeado, mas falta concluir as estações de transbordo e reordenar o trânsito no Trevo Imbirussu.

Por sua vez, na Avenida Bandeirantes, trecho final da ligação bairro / centro do corredor, está pronto o recapeamento, a sinalização está quase pronta, e será feita uma nova licitação para a construção das sete estações planejadas.

Também já está pronto o corredor da Rua Bahia, entre Afonso Pena e a Coronel Antonino, onde só falta a construção das estação. Está em andamento as obras dos corredores da Avenida Calógeras e da Rui Barbosa.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta