São Bernardo do Campo (SP) segue Doria e restringe público a 70% em eventos culturais e esportivos

Medidas entram em vigor a partir de segunda (17). Foto: Gabriel Inamine/PMSBC.

Em eventos com mais de 500 pessoas também continuará sendo exigido o comprovante vacinal contra a covid-19

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, informou que vai seguir recomendação do Governo do Estado sobre as novas restrições devido à covid-19.

Com isso, a partir da próxima segunda-feira, 17 de janeiro de 2022, a Prefeitura vai restringir o público permitido em atividades esportivas, de entretenimento e culturais, como eventos, shows, espetáculos, a 70% da capacidade de ocupação estabelecida pelo AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

Publicada no jornal Notícias do Município nesta sexta-feira (14), a nova regra tem como objetivo conter o avanço da variante ômicron, segundo a Prefeitura.

Uma das sedes da Copa São Paulo 2022, o Estádio Municipal 1º de Maio também seguirá os novos protocolos, com capacidade máxima de 70% de ocupação estabelecido no seu AVCB.

OUTROS EVENTOS E USO DE MÁSCARA

Além disso, eventos com público acima de 500 pessoas também deverão seguir exigindo o comprovante vacinal contra a covid-19, com pelo menos uma dose, de todos os participantes, incluindo os funcionários.

Segundo a Prefeitura, a comprovação da vacinação poderá ser feita pelo registro físico, mediante a apresentação da carteirinha, ou de forma digital nas plataformas oficiais em que haja o comprovante de vacinação.

O uso de máscara também permanece obrigatório em todos os locais públicos do município.

“Não teremos decreto de fechamento de nenhum tipo de estabelecimento na nossa cidade graças ao avanço da vacinação. Porém, estamos tendo ascensão de casos da doença. Por enquanto, não há motivo para temor, uma vez que estamos com uma parcela significativa da população imunizada, mas não dá para achar que está tudo normal”, explicou o prefeito Orlando Morando, em nota.

FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS

Ainda de acordo com a Prefeitura, todos os estabelecimentos, incluindo bares, restaurantes, shopping centers, lojas de conveniência, buffets e casas de shows, podem funcionar até, no máximo, às 2h. Também ficam suspensas as reservas dos espaços públicos, para eventos de qualquer natureza. As aulas na rede municipal, por sua vez, seguem o cronograma já definido e retornam normalmente no dia 7 de fevereiro.

CARNAVAL

Como medida de contenção da ômicron, a Prefeitura de São Bernardo já havia estabelecido em dezembro de 2021 a proibição de eventos carnavalescos, como desfiles, bailes e blocos de rua durante o Carnaval de 2022, e o cancelamento do Festival de Verão, tradicionalmente realizado em janeiro.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta