Metrofor, do Ceará, realiza pesquisa de origem e destino

Na pesquisa OD são identificadas as principais estações de origem e de destino dos passageiros e as principais razões do deslocamento. Foto: Divulgação.

Durante a primeira quinzena de janeiro, pesquisadores da companhia estarão nas estações da Linha Sul para fazer o levantamento

JESSICA MARQUES

O Metrofor, companhia de metrô do Ceará, está realizando a primeira pesquisa de origem e destino (pesquisa OD) de 2022.

Durante a primeira quinzena de janeiro, pesquisadores da companhia ficam nas estações da Linha Sul, convidando passageiros a participarem do levantamento.

Segundo o Metrofor, por enquanto, a pesquisa será focada na Linha Sul – a maior linha em número de passageiros em todo o sistema metroviário.

Na pesquisa OD são identificadas as principais estações de origem e de destino dos passageiros e as principais razões do deslocamento (trabalho, estudo ou lazer).

A pesquisa também identifica os principais modos de transporte que os passageiros utilizam para chegar ou sair das estações (bicicletas, ônibus, veículos particulares ou por aplicativo), além de dados que traçam o perfil social dos passageiros, como sexo, idade e nível de renda.

“A análise das informações coletadas servirá de fundamento para ações e melhorias operacionais no decorrer do ano. Também será útil no planejamento da gestão do sistema metroviário a longo prazo, fornecendo base para formulação de estratégias como a integração tarifária da Linha Sul com outros sistemas de transporte, nos permitindo atender aos passageiros da melhor forma possível dentro de suas necessidades”, informou o presidente do Metrofor, Igor Ponte, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta