Passaporte da Vacina passa a ser exigência em todos os eventos realizados na capital paulista

Setor de eventos na cidade movimenta outros segmentos da economia, como a gastronomia e o transporte por fretamento com ônibus e vans

ADAMO BAZANI

A partir desta sexta-feira, 07 de janeiro de 2022, só poderão participar de eventos na cidade São Paulo pessoas que apresentarem o “passaporte da vacina contra a covid-19” com, no mínimo duas doses ou dose única de imunizantes que dispensam a segunda vacinação.

A exigência vale para todo o tipo de evento como corporativos, culturais, festas e bailes em casas noturnas ou clubes, e passeios recreativos.

Quem deve exigir o comprovante da vacinação é o próprio estabelecimento onde é realizado o evento, sendo sujeito à fiscalização.

O passaporte deve ser apresentado independentemente do número de participantes em cada evento.

O setor de eventos na cidade movimenta outros segmentos da economia, como a gastronomia e o transporte por fretamento com ônibus ou vans, além de segurança, estacionamentos e manobristas, aluguel de carros, filmagem e fotografia, entre outros.

A medida se dá devido ao aumento do número de casos de covid-19, em especial por causa da variante Ômicron do coronavírus.

 “Tínhamos um protocolo inicial que apontava que eventos com mais de 500 pessoas deveriam exigir o passaporte. Estamos fazendo essa alteração em função do quadro epidemiológico que a cidade vive hoje”, explicou, em nota, o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

O objetivo é reduzir os riscos da disseminação do vírus durante o carnaval, período em que são realizadas diversas festas, segundo a prefeitura de São Paulo.

O Passaporte da Vacina, disponibilizado no aplicativo e-saúdeSP, pode ser acessado por meio de todos os sistemas operacionais de celulares como IOS e Android.

No aplicativo e-saúdeSP é possível verificar se a pessoa já completou o esquema vacinal contra a covid-19. Também é possível ver as datas de aplicação das doses, o nome completo, CPF, data de nascimento e um QR Code, no qual os estabelecimentos e locais de eventos poderão visualizar o registro vacinal, que deverá ter, pelo menos, duas doses para o acesso ser permitido.

Como acessar o passaporte

  1. Acesse a loja de aplicativos do seu celular e digite no campo de busca: e-saúdeSP.
  2. Baixe o aplicativo, aceite os termos de uso e faça um cadastro com o número de seu CPF, data de nascimento, nome completo, e-mail, telefone com DDD e crie uma senha.
  3. Após realizar o login, é possível acessar o Passaporte da Vacina, que está localizado no ícone laranja no canto inferior direito do menu principal.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta