Greve dos rodoviários da Monte Cristo, em Belém (PA), termina na manhã deste sábado (18)

Foto: Hiarley Garbiel/Ônibus Brasil

Paralisação começou na sexta (17) e para ser encerrada foi firmado um acordo entre as partes

WILLIAN MOREIRA

A greve dos funcionários da empresa Monte Cristo, de Belém (PA), terminou na manhã deste sábado, 18 de dezembro de 2021, depois que uma reunião entre trabalhadores e empresa de ônibus conseguiu chegar a um acordo.

A Monte Cristo fez uma proposta de quitar os salários, ticket-alimentação e as férias em atraso até a próxima terça, dia 21, o que foi aprovado pelos grevistas em forma de confiança na palavra da empresa.

As oito linhas que circulam na capital paraense permanecem funcionando normalmente até a data.

Entretanto o não cumprimento deste novo prazo poderá resultar em outra paralisação.

Segundo o Sintrebel (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Belém), o quadro de colaboradores reúne aproximadamente 700 pessoas entre motoristas, cobradores, setor da manutenção e administrativo.

Em nota para a imprensa divulgada na sexta (17), após o início da paralisação, o Setransbel (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém) disse que a greve foi resultado de um problema financeiro que o setor passa, especialmente agravado na pandemia, já que a fonte de receita é por meio da tarifa cobrada no embarque dos passageiros.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta