Obras da Linha 17-Ouro de monotrilho afetam trânsito na capital paulista

Trecho prioritário da linha deve ser inaugurado em 2022. Foto: Divulgação / Márcia Alves.

Serviços serão realizados nesta quinta (09), sexta (10) e sábado (11)

JESSICA MARQUES

As obras da Linha 17-Ouro de monotrilho vão afetar o trânsito da capital paulista nos próximos dias.

O Metrô de São Paulo e o consórcio KPE/COESA solicitaram à CET que promova a partir das 22h30 desta quinta-feira, dia 09 de dezembro de 2021, a interdição da pista expressa da Marginal Pinheiros (sentido Castelo Branco).

O bloqueio é entre a transposição da pista expressa para a pista local na altura da Rua Engenheiro Mesquita Sampaio até a Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada).

A previsão é que a interdição seja encerrada às 4h do dia seguinte, sexta-feira (10).

Em seguida, na noite da sexta-feira (10), a partir de 22h30, será executada uma nova intervenção na Marginal Pinheiros, no mesmo trecho e também com o objetivo de possibilitar o andamento dos serviços em segurança para motoristas e operários da obra.

Neste caso, a previsão é de término da atividade às 4h do sábado (11).

“A CET disponibilizará agentes de apoio ao trânsito, viaturas e sinalização para dar segurança para as atividades e para prestação de informações sobre as alternativas oferecidas para a circulação dos veículos”, informou o Metrô de São Paulo, em nota.

A Linha 17- Ouro fará a ligação do Aeroporto de Congonhas à rede de transporte sobre trilhos.

O trecho prioritário, previsto para ser concluído em 2022, contará com 7,7 quilômetros e oito estações entre o Aeroporto de Congonhas e a estação Morumbi.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta