Prefeitura de SP aporta mais R$ 59 milhões de crédito suplementar ao sistema de ônibus

Foto: Divulgação/SPTrans

No total, foram liberados R$ 79 milhões para a SMT, incluindo R$ 20 milhões para manutenção e operação do sistema municipal de transporte coletivos           

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito Ricardo Nunes liberou mais R$ 59 milhões em subsídios para os passageiros do sistema de ônibus da capital paulista.

Há duas semanas a prefeitura já havia aportado R$ R$ 250 milhões para esta finalidade. Relembre:

Prefeito Ricardo Nunes libera mais R$ 250 milhões para subsídios ao transporte coletivo de São Paulo

O Crédito Adicional Suplementar de hoje foi autorizado pelo decreto nº 60.844, publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.

O crédito total liberado é de R$ 79 milhões (R$ 78.794.110,00), dos quais R$ 20 milhões são destinados para a manutenção e operação do sistema de transporte da capital.

A cobertura desse crédito será feita com recursos provenientes do excesso de arrecadação (cerca de R$ 59 milhões) e da anulação parcial de dotações destinadas à manutenção e operação de Terminais de Ônibus (R$ 13,5 milhões) e à Aposentadoria Complementar aos servidores da SPTrans.

De acordo com o Relatório de Receitas e Despesas publicado pela SPTrans, até outubro de 2021 o total de subsídios para o sistema no ano já alcançava R$ 3 bilhões, dentre recursos previstos do orçamento e suplementações.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta