Prefeitura do Rio autoriza redução de frota em linhas de ônibus do transporte coletivo

Segundo a administração municipal, o objetivo é otimizar e melhorar o atendimento à população. Foto: Diário do Transporte.

Diminuição fica condicionada em até 40% do determinado e pode ser feito no período entre pico

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro publicou nesta quarta-feira, 1º de dezembro de 2021, duas resoluções que tratam da operação do transporte coletivo urbano. Segundo a administração municipal, o objetivo é otimizar e melhorar o atendimento à população.

Segundo a Resolução 3.475/2021, as empresas de ônibus podem reduzir a frota em circulação de linhas regulares e seus serviços, ou até interromper o atendimento em dias úteis no horário entre-pico.

Porém, essa mudança deve seguir critérios determinados, como a comprovação por dados de demanda e gratuidade por hora para justificar a mudança.

No caso da redução de frota, o limite máximo é de 40% do determinado no itinerário. Já a suspensão da operação somente será permitida para a rota que apresentar comprovadamente comportamento pendular.

FAIXAS LIBERADAS

Outra ação está presente na resolução 3.476/2021, em que fica liberado o uso das faixas de ônibus do lado esquerdo utilizados pelos ônibus do BRS (Bus Rapid System) em casos de emergência, presença de obstáculos físicos, veículos de passeio/serviço ou carga e descarga que impeçam a circulação dos ônibus na sua faixa determinada.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Jose disse:

    Se já tava ruim
    Imagina como vai ficar
    AS VANS AGRADECEM

    1. Leo disse:

      Impressionante a visão do Duduzinho diminui a frota na rua e os passageiros se aglomeram ? Ele quer um novo surto?
      Esse f.d.p não pensa no povo só em dinheiro parabéns tá quem colocou esse corrupto ladrão de vigas no poder de novo…

  2. Kilson disse:

    Vai piorar o que já esta ruim. Só favorece as linhas de ônibus.

  3. Rejane Ventura disse:

    A coisa já é feia com os ônibus rodando , o meu demora horrores levo horas do meu trabalho em casa sendo q o bairro onde eu trabalho é praticamente do lado do bairro onde eu moro, imagina com essa redução, vou ter q sair de casa ás 5h p poder pegar as 9:30h no trabalho! Isso vai otimizar oq?!

  4. Carlos disse:

    Rio de Janeiro a cada dia parece piada, realmente para melhorar de vida, apenas deixando essa cidade. Triste

  5. gustavo luiz farias moreira disse:

    Eu acho que quem tomam essas decisões deveriam fazer uma consulta pública antes ou de repente pegar ônibus, um dia que seja, só para ver como está o serviço e depois tomar essas decisões. Pq sinceramente, como reduzir o que já é pouco, onde moro várias linhas simplesmente deixaram de rodar (888, 887, 870, 390, 390A, 871, 872 e mais algumas que nem lembro mais). Na Verdade, acho que já sabiam que em dezembro de 2021 iam fazer essa LIBERACAO ABSURDA

  6. Roberio disse:

    Voltando a era da escravidão.

  7. Gonçalo disse:

    É impossível entender o ponto de vista desses políticos. Menos ônibus, mais lotação, mais contaminação … A oferta de ônibus já é horrível e ainda fazem questão de piorar. Esse prefeito já prejudicou bastante as linhas de ônibus nas administrações anteriores, encurtando e extinguindo linhas mas foi eleito novamente para piorar ainda mais algo que já está péssimo.

Deixe uma resposta