Programa de integração do sistema de transporte coletivo de Belém (PA) começa segunda fase

Recepcionista da SeMOB orienta os usuários nos embarques e desembarques nas plataformas de integração no Terminal Mangueirão. Foto: : Ascom/SeMOB

Nesse sábado (27), quatro linhas passaram a funcionar como alimentadoras do Terminal Mangueirão

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Belém, capital do Pará, iniciou nesse sábado, 27 de novembro de 2021, a segunda fase do programa Integra Belém,

Foram criadas linhas, além da alteração de itinerários e integração ao BRT através dos terminais Maracacuera, Mangueirão e São Brás.

Nas duas fases do programa, a prefeitura paraense informa que já foram contemplados 25 novos serviços.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) explica a finalidade do Integra Belém: promover mais qualidade ao transporte público coletivo por ônibus, principalmente por meio da criação de novas linhas, da maior oferta de integração entre as viagens e de alteração de itinerários.

A Superintendente da SeMOB, Ana Valéria Borges, explica que para esta segunda fase foram previstas a criação de duas linhas e modificação no itinerário de cinco linhas. “A seleção dos serviços a serem implantados, nesta fase, teve como parâmetros principais a ampliação da mobilidade dos usuários dos distritos de Outeiro e Icoaraci e ao reforço à integração do transporte coletivo por ônibus com a criação de novas linhas alimentadoras e da linha troncal Maracacuera-Presidente Vargas“, destaca Ana Valéria.

Segundo comunicado da prefeitura, quatro linhas passaram a funcionar como alimentadoras do Terminal Mangueirão. São elas: 878.2 Cidade Nova – Mangueirão (Una), 771 Canarinho – Mangueirão, 890 Eduardo Angelim – Mangueirão, Linha 996 Águas Lindas – Mangueirão, que saem de seus terminais de linha nos bairros e alimentam o terminal Mangueirão.

Outra novidade é a linha Paracuri I-Presidente Vargas e a Maracacuera-Presidente Vargas, que passarão pelos terminais de integração e pelas estações, na canaleta. A partir de São Brás, essas linhas seguirão destino à Presidente Vargas. “O sétimo serviço, a nova linha Icoaraci-Outeiro, que não terá integração, pois é uma linha interbairros, só entrará em operação no próximo final de semana”, explica a prefeitura.

Para tirar as dúvidas dos passageiros, 128 recepcionistas foram treinadas para recepcionar os usuários e orientá-los dentro dos terminais e estações.

No Terminal Mangueirão, de onde chega e parte a maior quantidade de linhas para diversos destinos, são 10 recepcionistas por turnos. Além disso, quatro agentes de transportes e funcionários do SETRANSBEL, que trabalham em parceria com a SeMOB, dão o apoio na orientação aos usuários no terminal Mangueirão”, detalha a prefeitura.

Com a maior oferta de destinos e de horários, diz a SeMOB, a demanda aumentou.  “Na primeira fase observamos o aumento da demanda em várias linhas. No dia 12/11 que antecedeu o início da primeira fase, foram registrados aproximadamente 16 mil passageiros/dia na linha Maracacuera – São Brás. No final desta semana, observamos que a demanda na linha em questão foi de aproximadamente 20 mil passageiros/dia“, explicou a superintendente Ana Valéria Borges.

Para entrar em contato com a SeMOB o usuário tem o site (http://semob.belem.pa.gov.br/), e-mail (ouvidoria.semob@cinbesa.com.br) ou ainda o telefone pelos números 118 ou (91) 98415-4587. Além disso, há também o Twitter @semob_bel, e Instagram e Facebook @semob.pmb.

Para acessar os itinerários das linhas da 1ª e das 2ª fases do Integra Belém basta clicar no link: https://bit.ly/itinerarios_integra-belem_atualizado_dia_27

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta