Rodoviários do Rio de Janeiro entram em estado de greve

Transporte coletivo municipal e BRTs podem parar. Foto: Divulgação.

Categoria aguarda resultado da negociação com o TRT, prevista para esta quinta (25)

JESSICA MARQUES

O Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro decretou estado de greve para os trabalhadores do transporte coletivo. A categoria está aguardando o resultado da negociação com o TRT (Tribunal Regional do Trabalho), prevista para esta quinta-feira, 25 de novembro de 2021.

O estado de greve teve início nesta terça (23). De acordo com o sindicato, entre as reivindicações está o reajuste salarial, que não é realizado há dois anos.

Em uma carta aberta à população, o sindicato detalhou que, desde março, os salários foram reduzidos e até suspensos devido à pandemia de covid-19. Além disso, o documento cita férias adiadas, compensação de feriados e horas extras.

Confira a carta, na íntegra:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Marcelo disse:

    Isso tá com cara de locaute!

  2. Valdines Gomes pereira disse:

    Tem que parar, transporte coletivo, trens, metro, barcas, taxi, uber, 99 e etc, só assim esses muquiranas ladrões de gravata tomem vergonha.

  3. Alexandre disse:

    É so o consórcio dar uma graninha que o sindicato recua kkkkk filme antigo

  4. Luis da Silva disse:

    ESTÁ CHEIRANDO A GREVE PATRONAL PRA FORÇAR AUMENTO DE PASSAGENS ,OS DONOS DE EMPRESAS DE ÔNIBUS IRÃO ALEGAR A CRISE POR CONTA DA COVID 19 E QUE SÓ DARÃO REAJUSTE AOS SEU “EMPREGADOS SE AS TARIFAS FOREM MAJORADAS
    SIMPLES ASSIM

Deixe uma resposta