Volta às aulas em Campo Limpo Paulista (SP) terá reforço da Rápido Luxo

Concessionária desenvolveu novo layout para a frota - visual moderno nas cores verde e prata incorporou a bandeira da cidade

Concessionária colocará mais 24 partidas diárias a partir de segunda (18); novos horários estão disponíveis para consulta no aplicativo Cittamobi

ALEXANDRE PELEGI

A volta às aulas em Campo Limpo Paulista, interior de São Paulo, receberá atenção especial da Rápido Luxo Campinas, concessionária que opera o transporte coletivo na cidade.

A empresa informa que vai ampliar o atendimento a partir desta segunda-feira, dia 18 de outubro de 2021. Serão colocadas mais 24 partidas para atender a volta das aulas presenciais.

O diretor de Comunicação do Grupo Belarmino, Paulo Barddal, explicou que os ajustes no atendimento são resultado da redução das medidas restritivas ao combate ao novo coronavírus. “No mês passado, por exemplo, criamos uma nova linha com oito partidas para atender alunos e funcionários do Sesi. E, nos últimos meses, outras nove linhas ganharam reforços com a inserção de outras 49 partidas”, afirma.

Com a retomada gradual das atividades econômicas, o número de passageiros transportados hoje é de apenas 73% do que era antes do início da pandemia da Covid-19. No entanto esses números foram bem piores, de apenas 22% relativo até fevereiro de 2020.

NOVO VISUAL

Em conjunto com a Prefeitura de Campo Limpo Paulista, A Rápido Luxo desenvolveu um novo layout para a frota municipal. Com um visual moderno nas cores verde e prata, todos os ônibus receberam a bandeira da cidade.

A concessionária implantou o aplicativo Cittamobi para dar mais comodidade aos usuários do transporte urbano. O app é gratuito e está disponível para as plataformas Android e iOS.

A concessionária também está reformando o terminal de ônibus da cidade para melhorar o atendimento aos usuários que utilizam o transporte urbano e suburbano no local. Com início das obras no último dia 28 de setembro, a previsão é de que a reforma fique pronta por volta do dia 10 de novembro deste ano.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta