Trecho 3 do monotrilho da linha 15-Prata recebe licença ambiental de operação

Autorização se refere à via elevada com início após a Estação São Mateus e término na Estação Jardim Colonial

ALEXANDRE PELEGI

A SMV (Secretaria municipal do Verde e Meio Ambiente) atendeu ao pedido do Metrô de São Paulo de Licença Ambiental de Operação (LAO) para o trecho correspondente a aproximadamente 2,0 km de via elevada da Linha 15 – Prata, em monotrilho.

A LAO é o documento que aprova o início do empreendimento ou da atividade.

A autorização, comunicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial do Estado, 14 de outubro de 2021, refere-se ao trecho com início após a Estação São Mateus e término na Estação Jardim Colonial.

Com os acabamentos finais em andamento, a Jardim Colonial, localizada após São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, será entregue ainda este mês de outubro, conforme prometeu o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, em entrevista para uma emissora de TV Globo em agosto passado.

A concessão da LAO, no entanto, condiciona uma série de obrigações ao Metrô, como a apresentação no prazo de 90 dias dos Termos de Recebimento Definitivos dos Termos de Compromisso Ambiental – TCA´s firmados para a implantação do presente trecho do empreendimento.

Caberá ainda à Companhia comprovar a conclusão da implantação do Projeto Paisagístico através de relatório fotográfico.

Leia as demais obrigações na publicação do Diário Oficial do Estado:


Acompanhamento das obras do Trecho 3 – Setembro de 2021:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta