Prefeito de Rio Branco sanciona subsídio de R$ 2,4 milhões para transporte coletivo

Ônibus do transporte urbano municipal. Foto: Diego Parreira / Ônibus Brasil.

Redução de tarifa ainda não foi oficializada

ADAMO BAZANI/ JESSICA MARQUES

O prefeito de Rio Branco (AC), Tião Bocalom, sancionou nesta quinta-feira, 14 de outubro de 2021, a lei que prevê subsídios de R$ 2,4 milhões ao sistema de ônibus urbanos.

O projeto de lei é de autoria do próprio executivo e prevê a complementação para pagar as gratuidades nos serviços até junho de 2022.

O decreto com redução no valor da passagem, de R$ 4 para R$ 3,50 previsto no Projeto de Lei Complementar ainda não foi publicado.

Como mostrou o Diário do Transporte, os recursos serão destinados para colocar em dia salários e benefícios em atraso referentes ao período de dezembro de 2020 a abril de 2021, correspondendo a 91,87% do valor total dos subsídios.

Já 8,17% irão para o SINITPAC (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes de Passageiros e Cargas do Estado do Acre) para pagar ao menos parte dos débitos referentes aos descontos em folha dos trabalhadores. A aprovação na Câmara ocorreu em 07 de outubro de 2021.

Relembre
https://diariodotransporte.com.br/2021/10/07/camara-de-rio-branco-aprova-subsidios-de-r-24-milhoes-ao-sistema-de-transportes/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes
Colaborou Jessica Marques

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta