ANTT autoriza pedidos de supressão de linhas das empresas Guerino Seiscento e Transbraz

Transbraz, empresa com sede em São José do Egito (PE). Foto: Paulo Henrique Felicio Freitas / Ônibus Brasil

Goianésia e Viação Marlim tiveram pedidos recusados pela Agência

 ALEXANDRE PELEGI

Nesta quarta-feira, 13 de outubro de 2021, a Agência Nacional dos Transportes Terrestres – ANTT, publicou apenas quatro medidas relativas a pedidos de empresas do transporte rodoviário interestadual de passageiros.

Veja a seguir:

 

Decisão nº 560: Deferir o pedido da Guerino Seiscento Transportes S.A para a supressão da linha GOIÂNIA (GO) – SÃO JOSÉ DO RIO PRETO (SP), prefixo nº 12-0401-00.

 

Decisão Supas nº 553: Indeferir o pedido de autorização para operar os mercados protocolo nº 50500.094543/2021-50 da Auto Viação Goianésia Ltda por descumprimento ao disposto no art. 4º da Deliberação nº 134, de 21 de março de 2018.

 

Decisão Supas nº 564: Indeferir o pedido da Viação Marlim Ltda para a supressão de mercados operados como seções da linha APARECIDA DE GOIÂNIA (GO) – ARIPUANA (MT), prefixo 12-0502-00.

 

No caso de pedidos da Transbraz Ltda, a ANTT publicou duas Portarias com o mesmo teor. A única alteração é quanto às datas de assinatura dos termos, e da data de início da medida.

Pela Portaria nº 430, de 07 de outubro de 2021, a Agência deferiu o pedido da Transbraz para a supressão da linha CAMPINA GRANDE(PB) – SÃO JOSE DO EGITO(PE), prefixo 13-0040-00, em cumprimento ao art. 16 da Resolução nº 5.285, de 9 de fevereiro de 2017.

No mesmo ato, a ANTT autoriza a empresa a paralisar o mercado de CAMPINA GRANDE (PB) para SÃO JOSE DO EGITO (PE) na Licença Operacional – LOP de número 110, em cumprimento ao § 1º do art. 45 da Resolução nº 4.770, de 25 de junho de 2015.

Esta Portaria entra em vigor em 15 de dezembro de 2021.

Já pela Portaria nº 432, de 08 de outubro de 2021, a ANTT repete o mesmo texto, alterando apenas a data em que a medida entra em vigor: 14 de dezembro de 2021.

Veja o print abaixo:

 


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta