Linha 4031/10 da SPTrans passa a ter testes de pagamento da passagem por QR Code

Passageiro deve baixar aplicativo SP PASS; Opção não dá alternativa de integração e é indicada para usuários eventuais

ADAMO BAZANI

A SPTrans (São Paulo Transporte) começa a testar nesta sexta-feira, 1º de outubro de 2021, um sistema de pagamento de tarifa de ônibus por QR Code em 17 coletivos da linha 4031/10 Pq. Sta. Madalena – Metrô Tamanduateí.

Segundo a gerenciadora de transportes da capital paulista, os testes são para aperfeiçoamentos e também para saber se os passageiros ficaram ou não satisfeitos com a nova opção.

A linha 4031/10 transporta cerca de seis mil passageiros por dia.

Para pagar com o QR Code que é gerado no celular, bastando aproximar o telefone do validador da catraca do ônibus, é necessário baixar gratuitamente o aplicativo SP PASS.

O passo a passo é:

  • Baixar o aplicativo SP PASS
  • Selecionar a opção: Adicionar Saldo
  • Selecionar o método de pagamento
  • Gerar o QR Code tocando em “Bilhete QR Digital”
  • Por último, tocar em “Confirmar”

Segundo a SPTrans, mais testes devem ser realizados em outras linhas. A fase de testes deve durar seis meses.

Vale lembrar que o QR Code não garante a integração entre ônibus e ônibus+trem+metrô como o Bilhete Único.

Por isso, segundo a SPTrans, a “ferramenta é interessante para turistas, passageiros eventuais que não têm o Bilhete Único, quem está sem crédito no bilhete ou mesmo esqueceu de levar dinheiro”.

O valor da passagem por QR Code é o mesmo que nas demais formas de pagamento: R$ 4,40, a tarifa do sistema.

“O sistema de geração de QR Code foi oferecido por meio de doação à SPTrans pela empresa UPM2, desenvolvedora do aplicativo SP PASS. O objetivo é expandir o projeto, após a aprovação dos testes” – informa a gerenciadora em nota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Mariana Tratoria Spectaculare disse:

    Ta louco!! Essa porcaria não funciona no metrô, vai funcionar no ônibus??? Aff. Nunca mais uso isso na minha vida!

Deixe uma resposta