Chuva afeta operação dos ônibus de Petrópolis (RJ)

Queda de árvore na Rua Kopke, no Vista Alegre, impede passagem dos ônibus. Foto: Divulgação / Setranspetro.

Nesta quarta (22), itinerários operam com desvios e atrasos

JESSICA MARQUES

Os ônibus de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, operam com atrasos e desvios nesta quarta-feira, 22 de setembro de 2021, devido à forte chuva que atinge a região.

Em nota, o Setranspetro, sindicato que representa as empresas de ônibus da cidade, informou que algumas linhas sofreram alterações na operação, em razão da obstrução de alguns trechos e falta de condição viária, principalmente, em dias de chuva.

Além disso, o sindicato orienta que os passageiros utilizem o aplicativo “Vá de Ônibus” para saber a localização dos coletivos em tempo real ou o “Cittamobi”, exclusivo aos clientes da Turp Transporte.

Confira as interferências:

A Cidade Real está, desde o início da manhã, com retenção na Rua Kopke, após a queda de uma árvore. Com isso, a linha 119 – Kopke está operando até o antigo ponto final, deixando de atender um trecho de 1,5 quilômetro, seguindo posteriormente pela Avenida Piabanha, sentido Vila São José.

Já a linha 112 – Waldemar Ferreira da Silva não está operando na Rua Barão de Águas Claras, que está passando por reparos na rede elétrica. Com isso, o ônibus está operando sentido bairro através das ruas Benjamin Constant e João Caetano.

A Petro Ita apresenta interferência na operação da linha 421 – Bairro Mauá, que está parando 170 metros antes do ponto final, em razão da falta de condição viária para concluir o trecho.

A empresa Cascatinha registrou a queda de uma árvore e fios em via pública pela manhã. Desde então, a linha 525 – Comunidade do Neylor atendeu a região parando dois quilômetros antes do ponto final, na entrada do bairro. O trecho foi liberado por volta das 10h e a operação restabelecida.

A Turp Transporte está até o momento com a linha 618 – Araras (Vale de Santa Luzia) parando 1,6 quilômetro antes do ponto final, após um incidente com um carro particular na região, que segue impossibilitando a passagem de veículos grandes no trecho. Já a linha 622 – Araras (Vista Alegre) está parando 1,4 quilômetros antes, em razão da queda de uma árvore no Vista Alegre, que interditou completamente a pista.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta