Produção de ônibus no Brasil tem alta de 12,1% de janeiro a agosto

Enquanto o setor de urbanos apresentou um crescimento de 20,4%, o segmento de rodoviários caiu 22,9%. Foto: Divulgação.

Comparação é feita com relação ao mesmo período de 2020, ano em que a pandemia de covid-19 chegou ao país e afetou o setor

JESSICA MARQUES

A produção de ônibus no Brasil teve uma alta de 12,1% de janeiro a agosto deste ano. Os números foram divulgados nesta quarta-feira, 08 de setembro de 2021, pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Entretanto, a comparação é feita com relação ao mesmo período de 2020, ano em que a pandemia de covid-19 chegou ao país e afetou o setor. Desta forma, os números ainda causam preocupação.

De janeiro a agosto de 2020, foram produzidos 11.925 chassis, comparados a 13.367 no mesmo período deste ano. Enquanto o setor de urbanos apresentou um crescimento de 20,4%, o segmento de rodoviários caiu 22,9%.

Confira os números, na íntegra:

LICENCIAMENTO

Por sua vez, o número de ônibus licenciados no Brasil de janeiro a agosto de 2021 foi de 10.084, comparado a 8.736 no mesmo período de 2020, ou seja, um crescimento de 15,4%.

Em entrevista coletiva, o vice-presidente da Anfavea, Gustavo Rodrigo Bonini, detalhou que foram comercializadas 1,3 mil unidades em agosto, número estável com relação aos meses anteriores.

Bonini detalhou o percentual que cada segmento representa neste total. Confira:

– Urbanos: 35%;

– Miniônibus e micro-ônibus: 27%;

– Rodoviário: 17%;

– Caminho da Escola: 13%, lembrando que ele já representou 30% dentro do acumulado dos meses anteriores;

– Fretamento: 8%.

“O número continua estável, mas a gente vê cair um pouco a representatividade do programa Caminho da Escola. No acumulado, a gente vê 10.100 unidades de janeiro a agosto, já maior que 2020, mas ainda abaixo do que foi 2019”, avaliou.

EXPORTAÇÕES

O número de exportações de ônibus, segundo a Anfavea, teve uma alta de 3,2% nos oito primeiros meses do ano. Enquanto o número de chassis rodoviários vendidos para o exterior caiu 33,8%, o número de urbanos subiu 38,3%.

Confira:

RANKING DE MARCAS

A Mercedes-Benz segue líder de mercado no ranking de marcas divulgado pela Anfavea. O levantamento considera a quantidade de ônibus emplacados no acumulado do ano.

Confira o ranking, na íntegra:

1º) Mercedes-Benz: 3.956 unidades, queda de 11,1%;

2º) MAN/Volkswagen: 2.958 unidades, alta de 21,5%;

3º) Agrale (inclui os miniônibus da Volare): 1.859 unidades, alta de 86,1%;

4º) Iveco (inclui os miniônibus CityClass): 904 unidades, alta de 419,5%;

5º) Volvo: 277 unidades, queda de 9,2%;

6º) Scania: 107 unidades, queda de 58,4%.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Bom sinal, Isso mostra a competencia e qualidade da nossa unidade brasileira…PARABÉNS MERCEDES, E A TODOS SEUS COLABORADORES .. 65 ANOS DE BRASIL

Deixe uma resposta