Eletromobilidade

People Mover da CPTM ao Aeroporto de Guarulhos terá obras iniciadas em janeiro de 2022 e entregues até 2024 com participação da Marcopolo

Um grupo de empresas assinou o empreendimento, formando o Consórcio AEROGRU. Participam Aerom, HTB, FBS e TSINFRA, com seus parceiros estratégicos Schneider Electric, Minerbo Fuchs, Certifer e Marcopolo Rail

ADAMO BAZANI

Como havia anunciado o Diário do Transporte, o Ministério da Infraestrutura e o a Concessionária do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, GRU Airport, assinaram nesta quarta-feira, 08 de setembro de 2021, o termo aditivo para implantar o APM (Automated People Mover) entre a Estação da linha 13-Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e os três terminais de passageiros.

De acordo com nota do Ministério, os custos devem ser de R$ 272 milhões, valor que será abatido da outorga que a GRU Airport tem de repassar ao Governo Federal pela concessão do aeroporto.

O Governo Federal estima que as obras devem começar em janeiro de 2022, com previsão de entrega em 2024.

O sistema, que se parece com um monotrilho apesar de não ser exatamente este meio de transporte, vai ter capacidade para transportar dois mil usuários por hora em cada direção. Já o tempo de viagem e tempo de espera serão de seis minutos.

O People Mover terá estações nos três terminais do aeroporto e junto à CPTM.

O trajeto vai ter 2.731 metros de extensão, sendo operado por três veículos para 200 passageiros cada.

Os veículos terão espaço para acomodar bagagens, equipados com ar-condicionado, wi-fi, som ambiente e painel de informações conectado ao aeroporto.

Um grupo de empresas assinou o empreendimento, formando o Consórcio AEROGRU. Participam Aerom, HTB, FBS e TSINFRA, com seus parceiros estratégicos Schneider Electric, Minerbo Fuchs, Certifer e Marcopolo Rail. Segundo a concessionária do terminal aeroportuário, o APM contará com tecnologia brasileira.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Marcia disse:

    Boa tarde os moradores de Taboão e Embu que dependem da linha 125- são Marcos/pinheiros, iremos agradecer o aumento dessa linha, principalmente de pessoas como eu que necessita, por trabalhar a tarde e fica difícil!

  2. Rodrigo Zika disse:

    Só na enrolação, finalmente saiu um prazo.

Deixe uma resposta para Marcia Cancelar resposta