Ônibus do BRT pega fogo em Madureira no Rio de Janeiro nesta quarta (08)

Equipes dos Bombeiros foram acionadas para apagar as chamas

WILLIAN MOREIRA

Um ônibus articulado do sistema de BRT-Rio pegou fogo na manhã desta quarta-feira, 08 de setembro de 2021, em Madureira, na cidade do Rio de Janeiro.

As causas ainda não foram determinadas, mas as chamas destruíram o veículo completamente.

A fumaça pode ser vista de longe e o fogo afeta o funcionamento do Terminal Paulo da Portela, assim como as operações dos demais ônibus que precisam fazer desvios.

O BRT-Rio passa pro intervenção da prefeitura e, um dos motivos alegados para a ação da gestão Eduardo Paes, é a má qualidade de conservação da frota.

Segundo o BRT-Rio, um esquema operacional foi montado por causa do incêndio.

O BRT-Rio informa que o Terminal Paulo da Portela, no corredor Transcarioca, está temporariamente inoperante para embarques e desembarques para trabalho dos Bombeiros. Os serviços 35A, 40A e 41 estão partindo da estação Madureira/Manaceia
Em nota, o BRT-Rio diz que uma perícia vai apurar as causas das chamas.

A Prefeitura do Rio, por meio do BRT Rio, informa que nesta quarta-feira (8) o articulado da linha 40 (Expresso Madureira x Alvorada) que seguia em direção ao Terminal Alvorada, pegou fogo após realizar o desembarque de passageiros no Terminal Paulo da Portela. Os bombeiros foram imediatamente acionados. Ninguém ficou ferido. O Terminal está fechado.

Os passageiros foram direcionados para estação Manaceia para acessarem  as linhas 35 A (parador Jardim Oceânico), 40 A (expresso Alvorada) e 41 ( expresso para o Terminal Recreio)

O veículo não tinha histórico de quebras e teve suas revisões preventivas e corretivas realizadas nos últimos 30 dias.

O BRT Rio realizará perícia técnica para apurar as causas do incêndio.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

 

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Triste Rio….das duas uma: ou por excesso de serviço não houve manutenção adequada, ou sabotagem mesmo,,,pelo volume de fogo. Aqui no ABC já pegamos esse problema, na linha T17, no Jardim Alvorada..lembram??

Deixe uma resposta