Wemobi, do Grupo JCA, fecha parceria com Planalto Transportes para ampliar operações no Sul do País

Expectativa é que serviço do grupo amplie para 72 ônibus em atendimento; Devem ser realizadas parcerias com outras empresas

ADAMO BAZANI

A Wemobi, do Grupo JCA, vai partir para uma estratégia diferente para ampliar as operações: firmar parcerias com empresas que não são do conglomerado. A primeira delas será a Planalto Transportes, do Rio Grande do Sul.

Em comunicado oficial desta quarta-feira, 25 de agosto de 2021, a empresa informou que a partir de setembro começam os trabalhos em conjunto com a Planalto, inicialmente no Sul do País.

Com isso, as operações atuais com 18 ônibus do Grupo JCA vão aumentar para 72 ônibus.

O primeiro serviço vai ser lançado em 15 de setembro de 2021, já com os ônibus da Planalto, na ligação Balneário Camboriú x São Paulo. As passagens já estão disponíveis para compra no site www.wemobi.me  e custam a partir de R$ 59,90. O pagamento pode ser feito via cartão de crédito, transferência bancária ou PIX, segundo a companhia.

No Sul, a Wemobi já atua nos trechos (ida e volta) Curitiba x Florianópolis, Curitiba x São Paulo e São Paulo x Maringá com parada em Londrina.

Os ônibus da linha Balneário Camboriú x São Paulo serão na configuração Comfort Plus, “que possuem poltronas confortáveis que reclinam até 135° e cortinas individuais entre os assentos para uma maior privacidade dos passageiros. Dentro dos ônibus, o acesso ao Wi-Fi é gratuito e é possível curtir uma playlist especial no Spotify ou no Deezer, ou se entreter da forma que preferir, sem se preocupar em poupar a bateria dos dispositivos, que pode ser recarregada pelos acessos USB individuais disponíveis nos assentos. Nesta classe, é oferecido ainda aos clientes água mineral gratuita.” – diz nota do grupo

O Grupo JCA reúne empresas como Autoviação 1001, Viação Cometa, Expresso do Sul, Rápido Ribeirão, Viação Catarinense.

Até dezembro de 2021, a empresa diz que quer estabelecer presença em 50 cidades.

Para 2022, a meta da Wemobi é triplicar o faturamento. Para isso, foi feito um aporte de R$ 5 milhões da 2A Investimentos, recentemente.

Em um ano de operação, com aporte inicial de R$ 8,6 milhões para o lançamento da plataforma, a wemobi diz que realizou mais de 250 mil viagens entre São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina.

“Nosso objetivo é ampliar nossa atuação rapidamente, alinhada às grandes tendências de mobilidade e oferecer viagens de ônibus em todo o país, levando nossa tecnologia e modelo descomplicado para novos públicos. Para isso, contaremos com a operação de marcas rodoviárias parceiras, como a Planalto Transportes, colaboração que chega para agregar em nossas operações no eixo Sul e Sudeste. É uma medida que nos fará atingir os resultados esperados com mais agilidade, sem perder o nível de satisfação atual dos nossos clientes”, afirmou o CEO da wemobi, Rodrigo Trevizan.

“Como referência de transporte regular no Rio Grande do Sul, para a Planalto Transportes é uma grande satisfação participar deste projeto. Nosso objetivo é oferecer uma experiência completa de viagem, proporcionando não só segurança e conforto, como também agilidade, facilidade e comodidade em todos os processos”, disse na mesma nota, o diretor operacional e Comercial da Planalto Transportes Jose Pedro Teixeira.

Todo procedimento para a viagem no aplicativo se dá por meio 100% digital, desde a compra da passagem até a apresentação do bilhete virtual ao motorista na hora do embarque, como explica o comunicado, que ressalta que são tomadas medidas de prevenção ao contágio pela covid-19.

Na wemobi, a jornada do cliente é digital, desde a compra realizada pelo site, até o momento de embarque – que é contactless e funciona por meio de QR Code. Soluções práticas para o usuário e que têm como objetivo promover uma experiência simplificada, intuitiva e com um legado sustentável a partir da redução da utilização de papel. Reagendamentos, cancelamentos e reembolsos também são feitos por meio das plataformas online. Este conceito de operação low cost, baseado em tecnologia, agrega nas tarifas dos bilhetes da startup, que possui uma das tabelas de preços mais competitivas do mercado.

Os clientes que precisam viajar neste momento podem seguir tranquilos com a wemobi, pois todos os veículos seguem rigorosos protocolos de sanitização após todos os trechos, utilizando produtos focados em eliminar bactérias e vírus, incluindo a vaporização interna para desinfecção de todas as superfícies do ambiente. Testes de qualidade são aferidos periodicamente para assegurar um ambiente mais esterilizado e seguro. E, para ajudar na prevenção do coronavírus (Covid-19), está sendo disponibilizado álcool gel na entrada dos veículos e é feita a medição de temperatura dos clientes antes do embarque, além de ser obrigatório o uso de máscara de proteção durante toda a viagem.,

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Aplicativos,cooperativas,empresas privadas…Esse é o país do crime,onde faz-se o que quer ao seu bel-prazer.Cadê o poder público e o Ministério Público?E a dita Justiça,onde está?E o povo,sem alternativa,segue ao deus-dará.

  2. Jorge Conceição Niederauer Nascimento disse:

    Olha essa aproximação da Planalto com o Grupo JCA, pode deixar um alerta para um futuro próximo, pq a empresa gaúcha está em recuperação judicial, se a recuperação não acontecer, a Planalto será comprada pelo JCA, como gaúcho é lógico que não gostaria de ver a empresa com outros donos,mas se é para salvar a empresa, tudo bem.

  3. Marco Antônio da rocha disse:

    Não demora muito pra ser comprada pelo grupo jca e assim vai ficando mais uma empresa na mão desse grupo

Deixe uma resposta