Empresa que pediu penhora de ônibus do Santos F.C. alega que veículo está em péssimas condições de conservação

Ônibus com chassi Scania e carroceria Marcopolo Paradiso GV, fabricado no ano 2000 pertencente ao clube. Foto: Alberto Gomes Vale / Ônibus Brasil.

Por este motivo, foi pedido na Justiça um bloqueio no valor de R$ 150 mil do clube de futebol, por entender que apenas o ônibus não é o suficiente para assegurar o pagamento da dívida

WILLIAN MOREIRA

A Red Vision, produtora audiovisual que moveu um processo contra a equipe de futebol do Santos, realizou na última semana o questionamento na Justiça da ação de penhora de um ônibus com chassi Scania e carroceria Marcopolo Paradiso GV, fabricado no ano 2000 pertencente ao clube.

De acordo com o UOL Esporte, é cobrado pela empresa uma dívida de R$ 81 mil referente à produção de um documentário.

Entretanto, a Red Vision alega que tal veículo está em condições bem ruins e sua comercialização para obtenção de receitas é mais difícil, não servindo como instrumento de garantia para o pagamento da dívida cobrada, solicitando um bloqueio de R$ 150 mil em espécie.

Na ocasião do primeiro pedido do veículo, em julho, o Santos F.C. informou que o veículo segue em posse do clube e foi oferecido como garantia para discutir a validade da dívida cobrada, já que, segundo a equipe, periodicamente são recebidas inúmeras propostas de documentários e filmes e não é necessário pagar por isto.

Na Justiça, o time de futebol pediu a extinção da ação judicial, já que o material entregue ao Santos contém imagens de um país asiático, o que não foi informado, e que os gols em partidas são de fácil acesso na internet.

A questão, apesar de envolver uma diferença de visão de cada parte a respeito do valor cobrado, gerou um problema na diretoria do time, no qual a atual gestão culpou a Comissão Fiscal do Santos por mais uma “ilação maldosa e irresponsável”

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Vasco,Corinthians,Botafogo-RJ,Cruzeiro-MG,São Paulo FC,Bahia,Vitória-BA,Portuguesa de Desportos-SP,América-RJ….e agora o Santos FC.A pandemia generalizada da descrença e da desconfiança acabou de vez com o mundo,junto com a COVID-19.Ah,não se esqueçam que em cerca de 1 ano,se não me engano,o Sport Recife já está no seu 3o ou 4o presidente,por aí.E o que dizer do Internacional de Porto Alegre que mandou 45 funcionários pra rua pra reduzir custos?

  2. carlos souza disse:

    E a Orcrim da bola,também conhecida como CBF,então…nem se fala.

Deixe uma resposta