Prefeito de Manaus (AM) afirma que teleférico urbano terá função turística e de modal de transporte

Imagem do projeto divulgada pela prefeitura.

Ao todo, será 1,2 quilômetro, ligando o Centro até a orla do São Raimundo, na Zona Sul

JESSICA MARQUES

O prefeito de Manaus (AM), David Almeida, afirmou que o teleférico urbano que será instalado na cidade terá função turística e de modal de transporte.

Atualmente, o teleférico ainda está em fase de desenvolvimento de um anteprojeto pelo Implurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano).

O modal foi anunciado para integrar o projeto “Nosso Centro”, com a instalação de um teleférico de 1,2 quilômetro, ligando o Centro até a orla do São Raimundo, na Zona Sul.

Segundo a Prefeitura, o teleférico em estudo pela Prefeitura de Manaus será “um projeto transformador de intervenção urbana e de alto impacto turístico, se juntando a uma série de intervenções propostas para a revitalização do centro histórico, influenciando positivamente o entorno, economia, sustentabilidade, transporte e a comunidade onde estará inserido”.

“Estamos trabalhando na concepção do projeto, que é um show, visando ao financiamento com a iniciativa privada. Ele terá uma estação partindo do prédio Miranda da Ilha. Grandes cidades do mundo têm seus centros urbanos transformados com áreas de convivência digna e precisamos recuperar o Centro de Manaus. Queremos trazer grandes projetos e financiadores internacionais para a cidade”, anunciou o prefeito David Almeida.

Ainda segundo a Prefeitura, o teleférico servirá como modal de transporte, com uma estação nas proximidades do parque Rio Negro, no São Raimundo, e outra no Mirante da Ilha, fazendo a travessia de 1,2 quilômetro por cima do rio. A ideia é que os parques e entornos recebam incentivos para instalação de atividades comerciais, de lazer e cultura.

“O programa de revitalização do Centro passa por ações ousadas do prefeito David Almeida, como o estudo do teleférico, uma intervenção transformadora, de estética e infraestrutura que se casa com a beleza do rio Negro. Existem teleféricos em vales, sob montanhas, em margens de rio e de mar por todo o mundo. Estamos buscando acrescentar mais um atrativo turístico e de mobilidade para a população de Manaus, de forma sem precedentes”, disse o diretor-presidente do Implurb, engenheiro Carlos Valente, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta