Rodoviários do transporte coletivo de Feira de Santana (BA) decidem entrar em greve na próxima segunda (23)

Decisão pode ser revertida. Foto: Genilson de Jesus Santos/Ônibus Brasil.

Condição imposta pela categoria para não realizar a paralisação é o atendimento do pedido de aumento ou que uma proposta seja apresentada

WILLIAN MOREIRA

Após assembleia realizada nesta quarta-feira, 18 de agosto de 2021, nas garagens das empresas Rosa e São João, os trabalhadores anunciaram uma greve do transporte coletivo para a próxima segunda-feira (23).

Por meio do Sintrafs (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Feira de Santana), a categoria espera que uma proposta patronal seja apresentada sobre o pedido de reajuste dos salários.

A entidade sindical alega que o salário dos motoristas e cobradores dos ônibus da cidade sempre foram iguais aos dos trabalhadores do transporte em Salvador e que na cidade já foi atendido um pedido de reajuste, mas em Feira isso não ocorreu.

O prazo foi dado até o dia 23 e caso as reivindicações não sejam atendidas, uma paralisação será iniciada por tempo indeterminado.

Em nota enviada ao Jornal Acorda Cidade, a Empresa Rosa alega que a possibilidade da greve se deve à falta de um acordo entre ela e os trabalhadores, estando a Rosa sem condições de aumentar os salários atualmente devido problemas financeiros agravados pela pandemia com a queda de receitas e também pela defasagem tarifária.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta