Guarulhos (SP) retira restrições de estabelecimentos e orienta exigência do comprovante de vacina para entrada

Locais terão que respeitar regras como distanciamento social de 1,5m por pessoa, utilização de máscara, disponibilização de álcool em gel e aferição de temperatura na entrada. Foto: Divulgação.

Flexibilização entra em vigor após a publicação do decreto com as medidas nesta quinta (19); solicitação do documento de vacinação começa em setembro

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, retirou as restrições de horário e limite de ocupação em estabelecimentos da cidade.

Um decreto publicado nesta quinta-feira, 19 de agosto de 2021, traz os detalhes sobre a flexibilização das regras de funcionamento de comércio e serviços.

Assim, já está permitido na cidade que os locais abram sem restrição de horários e com capacidade de 100%.

Entretanto, é preciso respeitar regras como distanciamento social de 1,5 m por pessoa, utilização de máscara, disponibilização de álcool em gel e aferição de temperatura na entrada.

Além disso, a partir do dia 1º de setembro, estabelecimentos como restaurantes, bares, cafés, lanchonetes, academias, museus, cinemas, teatros, shows com público sentado  deverão exigir, na entrada, o comprovante de vacinação dos clientes maiores de 18 anos, que devem estar com pelo menos a primeira dose tomada.

PLANO SÃO PAULO

A medida entra em consonância com o Plano São Paulo, estabelecido pelo Governo do Estado de São Paulo.

Segundo as regras estabelecidas pelo governador João Doria, desde terça-feira, 17 de agosto de 2021, não é mais necessário que haja restrições de horários e capacidade de ocupação das atividades de comércio e prestação de serviços.

REUNIÃO

Em nota, a Prefeitura informou que o prefeito Gustavo Henric Costa, conhecido como Guti, e o secretário de Desenvolvimento Urbano, Bruno Gersósimo, pasta que é responsável pela fiscalização dos estabelecimentos, se reuniram na tarde desta quarta-feira (18) com representantes de associações e de diversos empreendimentos para alinhar essas questões e pedir colaboração para que a cidade possa continuar a ter uma retomada consciente.

De acordo com Guti, a intenção do governo é prosseguir com a reabertura ao avaliar os dados e números disponíveis. “Há um ano, tudo o que nós queríamos era poder reabrir o comércio. Agora, temos essa possibilidade e precisamos fazer com muita responsabilidade, por isso contamos com a colaboração de todos”, disse.

“A fiscalização seguirá normalmente para verificar se os estabelecimentos estão seguindo as regras de prevenção à covid-19. Mas, a partir de 1º de setembro, caso os estabelecimentos não cumpram a nova determinação, serão autuados. Daremos esse período para que eles se adaptem”, explicou Gersósimo.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Carlos de Souza disse:

    COMPROVANTE DE VACINAÇÃO NOS RESTAURANTES

    Você e sua esposa, ao chegar na entrada de um restaurante…

    Recepcionista: Olá, como vai?
    Você: Tudo bem. Mesa para dois, por favor.
    Recepcionista: Claro! Qual o seu nome?
    Você: Roberto.
    Recepcionista: OK. Você e sua acompanhante possuem comprovante de vacinação?
    Você: Bem… Antes você pode nos informar quem nos atenderá?
    Recepcionista: Sim, o Anderson será seu atendente hoje.
    Você: Que bom! Você pode nos mostrar o comprovante de vacinação do Anderson?
    Recepcionista: Hmmm…
    Você: E você poderia também nos fornecer prova de que o Anderson não é portador de HIV, Hepatite A ou B ou qualquer outra enfermidade transmissível? Ah, claro, o mesmo se aplica a você e a equipe da cozinha.
    Recepcionista: Hmmm…
    Você: Além disso, preferimos não ser atendidos por alguém que usa drogas recreativas como maconha, cocaína, ecstasy, metanfetamina etc. Então você poderia nos disponibilizar o exame toxicológico mais recente do Anderson? Na verdade eu gostaria de ver o histórico médico de todos os empregados.
    Recepcionista: Bem, deixe-me chamar o gerente para você.
    Você: Seria ótimo. Obrigado. E certifique-se que ele traga o histórico médico e o cartão de vacinação, por favor.

    – – – – – –

    A questão é: ninguém precisa de restaurantes e outros lugares. Mas eles precisam de nós.
    Comece a marcar o seu território e não se deixe dominar!

    1. Yan disse:

      Ótimo Comentario.

Deixe uma resposta