Doria nomeia Rodrigo Maia como Secretário de Projetos e Ações Estratégicas que vai estar à frente das PPPs, inclusive de transportes

Entre  projetos de PPPs em implantação na área de mobilidade, por exemplo, estão a linha 6-Laranja do Metrô e o BRT-ABC, além da concessão das linhas 8 e 9 da CPTM

ADAMO BAZANI

Projetos de concessões, PPPs (Parcerias Público Privadas) e desestatização, incluindo de transportes, terão o deputado federal Rodrigo Maia à frente em São Paulo.

Na manhã desta quinta-feira, 19 de agosto de 2021, o governo do Estado anunciou que o Governador João Doria vai nomear o ex-presidente da Câmara dos Deputados como Secretário de Projetos e Ações Estratégicas. A nomeação ocorre na sexta-feira, 20 de agosto de 2021.

A pasta é  uma das mais relevantes do ponto de vista estratégico, de recursos, mesmo que indiretos, e de abrangência, uma vez que envolve diversas áreas, como Mobilidade, Transportes e Logística, Infraestrutura, Saneamento Básico, enttre outras.

“O ex-Presidente da Câmara dos Deputados será responsável por agilizar os projetos de desestatização, acelerando as parcerias público-privadas e as concessões em andamento do Governo de São Paulo”.  – diz nota do Palácio dos Bandeirantes.

Entre PPPs em implantação na área de mobilidade, por exemplo, estão a linha 6-Laranja do Metrô, que está em construção,  e o BRT-ABC na fase de projeto e remmodelação das linhas de ônibus do ABC Paullista, além da concessão das linhas 8 e 9 da CPTM que já foi finalizada, comm o Grupo Ruas e a CCR assumindo as operações em janeiro de 2022.

Há ainda o projeto do TIC – Trem Intercidades São Paulo – Campinas e concessão da llinha 7-Rubi da CPTM no pacote.

“A experiência do Rodrigo Maia à frente da Câmara fortaleceu nele a capacidade de dialogar com governos, sociedade civil e setor produtivo, com eficiência e credibilidade. Todas as reformas que passaram sob sua liderança só foram possíveis por causa do diálogo, do senso de urgência e do olhar estratégico de quem sabe o que é verdadeiramente importante para o país”, disse Doria na nota oficial.

Doria ainda observou, segundo a nota que, “sob a coordenação de Rodrigo Maia, no Congresso, os brasileiros assistiram projetos vitais ao desenvolvimento do país serem aprovados, como o Teto de Gastos, a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista, o Marco do Saneamento, a Lei da Terceirização, o Novo Ensino Médio e o novo Fundeb.”

Rodrigo Maia tem 51 anos e está em seu sexto mandato como deputado federal. E já foi Secretário de Governo da Prefeitura do Rio de Janeiro de 1997 a 1998.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Meu Deus, não fala Lé com Cré, e o cara nomeia alguém tao fora da linha paulista…Isso prá mim já me cheira cadeira passaporte para tão logo o auxiliar Dória em campanha,,,,,só pode,,,,Isso inclusive pode até odiá-lo, por paulistas mais ainda com esse procedimento esquisito,,,Me desculpem..

  2. Raimundo Norberto disse:

    Este Rodrigo Maia não é o Bota-fogo da planilia da Odebrecht?

Deixe uma resposta para Raimundo Norberto Cancelar resposta