Passagens de ônibus intermunicipais do MS têm descontos que chegam a 80%

Objetivo é estimular retomada do setor. Foto: Divulgação.

Preços menores são ofertados pelas empresas de transporte regular após autorização da Agepan

WILLIAN MOREIRA

As passagens de ônibus intermunicipais do Mato Grosso do Sul estão com descontos que chegam a 80% do valor usual.

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) informou nesta semana que tem incentivado depois de análises técnicas, a aplicação de descontos em linhas de ônibus intermunicipais, que passaram a oferecer aos seus passageiros, viagens mais baratas.

Alguns destes descontos estão em vigor desde julho, outros começaram em agosto e ainda alguns permanecem válidos até novembro deste ano, em rotas com tarifa promocional pontual ou em lotes de poltronas, premiando o cliente que compra com antecedência.

A recomendação da Agência para a aplicação de descontos acontece quando a Diretoria de Transportes, Rodovias e Portos, determina com base nos estudos, índices de reposição da inflação previsto nos contratos e os custos da operação, com a Agepan avalizando o desconto se este for em um índice maior que 20%.

“Recentemente a linha Campo Grande x Corumbá ganhou novos ônibus e desconto na passagem e outras linhas em diferentes regiões também deram esse benefício aos usuários. Aprovamos na última semana mais algumas autorizações que garantem outras promoções. Queremos que as empresas atuem cada vez mais com um serviço de qualidade e com preço atrativo, que estimule as pessoas a viajarem, fazendo com que seja bom para o passageiro e para o transportador”, diz o diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis, em nota divulgada para a imprensa.

Com as recentes autorizações de desconto, estão com promoções as seguintes linhas de acordo com a Agepan:

• Bela Vista – Caracol, com percentual de 37,26% – prazo previsto até 30 de novembro de 2021

• Campo Grande – Mundo Novo (via Juti), com percentual de 23,36% – prazo previsto até 31 de março de 2022. Esse desconto beneficia também diretamente quem vai da Capital para Dourados, que é um dos seccionamentos da linha.

• Corumbá – Miranda (ida ou volta), com percentual de 87,76% para até 30 poltronas – prazo até 30 de agosto de 2021.

• Campo Grande – Corumbá (via Ladário/ida), até 31 de agosto de 2021, para até 10 poltronas, com índices de 59,43% para o destino Ladário e 59,61% para quem vai até Corumbá.

• Campo Grande – Corumbá (via Ladário/volta), até 31 de agosto de 2021, para até 10 poltronas, com índices de 55,76% para quem sai de Ladário e de 58,16% para quem parte de Corumbá para a Capital.

• Campo Grande – Corumbá (via Ladário), até 31 de agosto de 2021, com índices de 30,55% e 30,86% na ida, a depender de qual das duas cidades é o destino; e de 26,88% e 29,41% na volta, também de acordo com o ponto de onde é a partida.

• Campo Grande – Corumbá (via Ladário – leito), até 31 de agosto de 2021, para até quatro poltronas, com desconto de 28,55% para Ladário e 28,87% para Corumbá na ida; e 27,90% na volta.

• Campo Grande – Três Lagoas, até 31 de agosto de 2021, com desconto de 38,49% e de 38,62% na volta.

• Campo Grande – Coxim, até 31 de agosto de 2021, com 30% de desconto, na ida ou volta.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. DeSouza disse:

    Essa ‘bondade’ da agência reguladora evidência apenas que os coeficientes tarifários vigentes, baseados em planilhas de cálculo discutida com os transportadores, está obesa. Sim, há gordura a ser retirada porque nenhuma atividade se sustenta com tamanha ‘promoção’ por tempo ilimitado em todas as viagens e poltronas.
    Sugiro que se abra ao público a discussão da planilha de cálculo. É bom para o contribuinte e ótimo para o governo.

Deixe uma resposta