Linha 15-Prata de monotrilho terá estações fechadas até 16h neste domingo (08)

Ônibus gratuitos vão transportar os passageiros enquanto as estações estiverem fechadas. Foto: Divulgação.

Segundo o Metrô, serão realizados testes no sistema de controle dos trens das 4h40 às 16h

JESSICA MARQUES

A Linha 15-Prata de monotrilho, em São Paulo, terá as estações fechadas até as 16h neste domingo, 08 de agosto de 2021. A mudança no horário habitual de abertura das estações (4h40) será realizada em função dos testes que vem sendo realizados no sistema de controle dos trens antes da inauguração da estação Jardim Colonial, prevista para este ano.

Segundo o Metrô de São Paulo, durante o período de interdição, os passageiros serão atendidos pelos ônibus gratuitos do sistema Paese no trecho entre São Mateus e Vila Prudente.

A realização destes testes fazem parte de protocolos de segurança que antecedem a entrada em operação de mais 1,75 quilômetros de vias,  ligando a estação São Mateus à futura estação Jardim Colonial.

“Para orientar os passageiros sobre as alterações na Linha 15-Prata, o Metrô publicará mensagens nas redes sociais e irá emitir mensagens sonoras pelo sistema de som das estações e dos trens, além de afixar cartazes nas estações. Em caso de dúvidas, a Central de Informações do Metrô pode ser contatada diariamente entre 8h e 20h, pelo telefone 0800-770-7722 .”

Segundo a SPTrans, para garantir o deslocamento dos usuários a linha especial Estação São Mateus – Estação Vila Prudente irá operar com 16 ônibus articulados de 23 metros, que estarão disponíveis conforme a quantidade pedida pelo Metrô.

A orientação aos usuários será feita pelo Metrô, que indicará o local de embarque nas estações e atuará também no monitoramento da operação.

Confira o itinerário da linha:

Ida: Estação São Mateus – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação Fazenda da Juta – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação Sapopemba – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação Jd. Planalto – Monotrilho, Av.Sapopemba, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. União – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. Tolstoi – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação São Lucas – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Complexo Viário Sen. Antônio E. de Barros Filho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. Prudente – Monotrilho.

Volta: Estação Vl. Prudente – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, R. Ibitirama, R. Cap. Pacheco e Chaves, Av. Paes de Barros, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Oratório – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação São Lucas – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Camilo Haddad – Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Estação Vl. Tolstoi – Monotrilho, Av. Prof. LuizIgnácio Anhaia Mello, Estação Vl. União -Monotrilho, Av. Prof. Luiz Ignácio Anhaia Mello, Av. Sapopemba, Estação Jd. Planalto – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação Sapopemba – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação Fazenda da Juta – Monotrilho, Av. Sapopemba, Estação São Mateus – Monotrilho.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta