Obras interditam acesso da Rodovia João Cereser, em Jundiaí (SP), até outubro

Rodovia está recebendo pontos de interdição devido a obras no local para implantação de marginais. Foto: Divulgação.

Com o bloqueio, o acesso ao entreposto passa a ser feito exclusivamente a partir da alça para a Avenida Armando Giassetti

JESSICA MARQUES

O acesso da Rodovia João Cereser (SP-360) para a Avenida Paulo Benassi, uma das ligações com Entreposto Central de Abastecimento de Jundiaí (ECAJ), conhecido como Ceasa de Jundiaí, no bairro Torres de São José, foi interditado nesta quinta-feira, 29 de julho de 2021. Segundo a Prefeitura, a previsão é de que a interdição fique em vigor até outubro.

Com o bloqueio, o acesso ao entreposto passa a ser feito exclusivamente a partir da alça para a Avenida Armando Giassetti, localizada cerca de 200 metros à frente, após a passarela da UNIP. A interdição foi feita pela Concessionária Rota das Bandeiras, que realiza obras no local, e é acompanhada pela UGMT (Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte).

Outubro é quando o acesso principal ao entreposto totalmente reconfigurado, passará a ser feito cerca de 200 metros antes do ponto que foi interditado, segundo a Prefeitura. “Equipes a serviço da Rota das Bandeiras atuam no local para implantação das marginais da rodovia João Cereser, no trecho entre os km 65 e 62, do Parque da Cidade até o ECAJ”.

O investimento total na obra é de R$ 80 milhões, com previsão de conclusão durante o segundo semestre de 2022. A intervenção está prevista no contrato de concessão do Corredor Dom Pedro.

De acordo com a Prefeitura, nos próximos dias, novas alterações no tráfego da região serão implantadas para garantir o avanço das obras.

Desde o último dia 12 de julho, uma faixa de rolamento da pista Sul (sentido Anhanguera) da rodovia está interditada em dois pontos, do km 64+250 ao km 64+550, na região do Parque da Cidade, e do km 62+350 ao km 62+800, na altura da Ceasa. A intervenção tem gerado pontos de lentidão na região, sobretudo nos horários de pico. Por isso, a orientação da Rota das Bandeiras é que o motorista evite o tráfego no local das 7h às 9h e das 17h às 19h.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta