Diário no Sul

Operação da ANTT em Santa Catarina apreende ônibus por transporte não autorizado

Ação de fiscalização ocorreu nos dias 25 e 26 de julho em Garuva (SC)

ALEXANDRE PELEGI

Em mais uma etapa da Operação Férias, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou uma ação de fiscalização do transporte interestadual de passageiros (TRIP) de combate ao transporte clandestino.

Desta vez, a operação aconteceu no Posto de Pesagem da ANTT em Garuva, interior de Santa Catarina. nos dias 25 e 26 de julho de 2021.

De acordo com comunicado da Agência, foram abordados 131 veículos e emitidos 40 autos de infração por irregularidades de transporte constatadas.

Além disso, quatro retenções foram feitas para sanar irregularidades, e também uma apreensão por transporte interestadual remunerado não autorizado de passageiros.

Dentre as principais infrações flagradas pelos fiscais estavam motoristas sem vínculo empregatício e defeito em equipamentos obrigatórios (pneus com sulco inferior ao permitido-carecas), extintor de incêndio vencido e cronotacógrafo não regular.

A ANTT alerta a todos dos riscos que envolvem uma viagem em um transporte não autorizado, justamente pela precariedade dos veículos, que não oferecem segurança, com motoristas cansados, ou não treinados, e pelo aumento no risco de contágio pela COVID-19. Fiscais constatam que, geralmente, nesse tipo de transporte, as orientações sanitárias para evitar a propagação do vírus não são seguidas.

Para denúncias ou dúvidas se o serviço prestado no momento é realmente legalizado junto à ANTT os usuários podem ser utilizados os canais da Ouvidoria:

Whatsapp (61) 99688-4306; telefone 166 (24 horas); e o e-mail ouvidoria@antt.gov.br

 

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Sem falar tambem que pode estar carregando produto roubado, e drogas…O Brasil virou canteiro de oportunistas,,,,na cidade e estados

    1. Juliano Vukojević disse:

      E o pior de tudo com o apoio de parte da sociedade.

  2. Everton Silva de Souza disse:

    Queria muito que a mesma antt cobrasse tanto das transportadoras que não cumprem com a lei da tabela de frete o quanto eles perseguem os ônibus ,Brasil do favorecimento aos grandes e esquecimento aos trabalhadores

Deixe uma resposta