São Bernardo do Campo volta a ter passe escolar gratuito nos ônibus urbanos

Benefício é nos ônibus municipais em São Bernardo do Campo

Medida se dá em razão do retorno às aulas presenciais, mas haverá controle de uso, diz prefeito Orlando Morando

ADAMO BAZANI

Colaborou Willian Moreira

O passe escolar gratuito vai voltar a poder ser usado pelos estudantes com direito ao benefício na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

A medida foi anunciada no início da noite desta quinta-feira, 22 de julho de 2021, pelo prefeito Orlando Morando em transmissão nas redes sociais e foi tomada em razão da volta às aulas presenciais que ocorre a partir de 02 de agosto de 2021.

O passe para os estudantes estava suspenso desde o fim de março de 2020 por causa da interrupção das aulas para evitar a propagação da pandemia de covid-19.

Morando disse, entretanto, que haverá controle no uso do benefício que dará direito apenas a uma ida e uma volta nos dias em que efetivamente o estudante for à instituição de ensino.

Ouça:

“Todos os alunos que são usuários do vale-transporte que é o cartão, também estará disponibilizado com alguns detalhes. Será feito o controle de frequência, o aluno vai ter o direito de usar o vale gratuito como sempre foi, porém, nós vamos aferir se ele está indo para a escola. Um outro detalhe, ele terá direito a uma ida e uma volta durante a semana, isto válido de segunda a sexta-feira. Se o vale-transporte é para a escola, é o dia que tem aula com o direito de uma ida e uma volta durante o período escolar. Então nós estamos garantindo o retorno do transporte escolar público, porém, com ajustes que se fazem necessários até para que os pais também possam controlar o horário que o filho saiu para estudar, o horário que ele voltou  e também para ter este controle que é extremamente importante.”

O passe escolar gratuito é aceito nos ônibus de linhas municipais operados pela concessionária do sistema, a BR7 Mobilidade.

O prefeito disse ainda que serão retomadas as aulas integralmente para todos os níveis de ensino, mas que ainda em agosto não será obrigatório o retorno presencial.

As aulas online serão suspensas, mas os estudantes que ficarem em casa vão receber apostilas.

Morando falou também que as escolas são obrigadas a seguir as normas de higiene e distanciamento de um metro entre os alunos conforme recomenda o estado de São Paulo.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Gilberto Virgínio Silva disse:

    Falta retornar o uso da gratuidade aos idosos de 60 à 64 anos de idade que foi cortado desde o início da pandemia.

  2. Paulo Richter disse:

    E os idosos de 60 a 64 anos que precisam para fazer tratamentos

Deixe uma resposta para Paulo Richter Cancelar resposta