Contrato sobre linha 13 Jade da CPTM fica R$ 1,6 milhão mais caro e com prazo de entrega maior

Linha 13 Jade
Licitação foi dividida em dois lotes, mas apenas o Lote 01 foi contratado. Foto: Adamo Bazani

Prorrogação para supervisão de obras e serviços complementares foi de três meses e 28 dias

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM fez o primeiro aditamento ao contrato feito com o Consórcio Supervisão Linha 13 – CAM para prestação de serviços técnicos especializados de engenharia para supervisão das obras civis, rede aérea e via permanente da Linha 13-Jade, Lote 01.

O Consórcio Supervisão Linha 13 – CAM é composto pelas empresas COBRAPE – Cia Brasileira de Projetos e Empreendimentos, Future ATP Serviços de Engenharia Consultiva Ltda e Metroeng Engenharia Ltda.

A publicação do Extrato do aditamento consta do Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 20 de julho de 2021.


O contrato compreende trecho entre o km 12+800 ao km 18+000 da linha 12 e o km 14+620 ao km 25+050 da linha 13, divididos em dois lotes.

No caso, o contrato é apenas para o Lote 01, visto que a licitação do Lote 02 restou deserto, já que não houve a participação de empresa interessada.

Na licitação o Lote 1 tinha valor estimado de R$ 7,5 milhões, e o Lote 2 de R$ 2,1 milhões, valores relativos a Julho de 2019.

O contrato original foi assinado em 28 de outubro de 2020, no valor de R$ 6.545.407,20 (Base: maio/20), com prazo de vigência de 15 meses.

O termo de aditamento, assinado em 30 de junho de 2021, estendeu o prazo em três meses e 28 dias e acresceu o valor de R$ 1.632.571,59. A finalidade do termo, de acordo com a publicação, é readequar a Planilha de Quantidades e Preços e o Cronograma Físico-Financeiro.

lot1_cptm


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta