Prefeitura de Maceió (AL) realiza ‘operação saturação’ no transporte coletivo

Serviço tem gerado reclamações dos usuários. Foto: Divulgação.

Objetivo é coibir infrações de trânsito por parte dos veículos de passeio

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Maceió, por meio da SMTT (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito), realizou na última semana a chamada Operação Saturação, para coibir infrações de trânsito que resultavam em um maior tempo de viagem aos passageiros.

Durante esse período de operação, os fiscais identificara 1.652 infrações cometidas por motoristas, especialmente no que diz respeito ao uso indevido da faixa azul ao longo da Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins, e Fernandes Lima, no Farol. Nestes locais, apenas ônibus podem circular das 6h às 20h.

“Pelos nossos canais da SMTT, recebemos diversas reclamações de usuários e de motoristas de ônibus sobre a insistência de condutores em utilizarem indevidamente a faixa azul que é prioritária para ônibus do transporte coletivo, escolares, táxis com passageiros e viaturas em serviço. Daí intensificamos a fiscalização para evitar essa prática indevida ”, explicou a diretora do SIMM (Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió), Paula Isanelle, em nota divulgada para a imprensa.

Com a prática destas infrações aos condutores, o objetivo passa além da punição, mas sim de reeducar os motoristas para que respeitem a sinalização viária e neste caso, o que representa menos impedimentos na circulação dos veículos do transporte coletivo, resultando em um menor tempo de viagem.

O valor da multa para quem desrespeita essa lei de trânsito é de R$ 88,38 e a perda de três pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta