Maricá (RJ) inaugura estação de bicicletas compartilhadas gratuitas em Itaipuaçu

Estrutura para as 'vermelhinhas' ficará na Praça do Barroco. Foto: Evelen Gouvêa / Divulgação.

Local será entregue ao público na próxima terça (20)

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Maricá, no Rio de Janeiro, vai entregar mais uma estação das bicicletas gratuitas compartilhadas, as chamadas vermelhinhas. Desta vez, a estrutura será instalada na Praça do Barroco, em Itaipuaçu, na próxima terça-feira, 20 de julho de 2021.

Com a inauguração, o sistema das bicicletas compartilhadas chega a quatro estações em Itaipuaçu, fazendo a ligação entre o Terminal de Integração Rodoviária da localidade (Rua Professor Cardoso de Menezes, antiga Rua 1), o trecho revitalizado da orla de Itaipuaçu (com duas estações na Avenida Beira Mar) e o centro comercial do Barroco.

Com a nova estação na Praça do Barroco, as bikes vermelhinhas chegam a 20 pontos em toda a cidade, com 200 bicicletas à disposição da população.

A reserva das bikes é feita através do aplicativo Vermelhinhas EPT. Para isso, é preciso realizar um cadastro inicial pela plataforma ou presencialmente na sede da EPT (Rua das Gralhas, 113, 2º andar – Camburi).

Para conferir a localização das estações, basta clicar no ícone ‘pedalar’ do aplicativo ou acessar o site bikeeptvermelhinhas.com.br .

GRATUIDADE

De acordo com o presidente da EPT (Empresa Pública de Transportes), Celso Haddad, responsável por gerir os modais tarifa-zero do município, as bicicletas e os ônibus gratuitos de Maricá transportam a população com eficiência.

“A EPT, através dos vermelhinhos e das vermelhinhas, cumpre com o papel da mobilidade urbana em nosso município e transporta toda a população com eficiência nos ônibus e nas bikes. Transporte público de tarifa-zero é um direito de todos e Maricá olha para as pessoas com a dignidade do cumprimento dos seus direitos individuais”, disse.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta