Justiça marca audiência entre Consócio Guaicurus, Ministério Público e Prefeitura de Campo Grande

Encontro será realizado em 05 de agosto. Foto: Divulgação.

Audiência será realizada por videoconferência e abordará a questão das multas aplicadas ao consórcio do transporte por desrespeitar medidas de biossegurança

WILLIAN MOREIRA

A Justiça do Mato Grosso do Sul marcou para 05 de agosto de 2021 uma videoconferência entre representantes da Prefeitura de Campo Grande, Ministério Público Estadual (MP-MS) e do Consórcio Guaicurus para resolver o processo em que o consórcio foi multado ao pagamento de R$ 10 mil por dia devido ao descumprimento de medidas de combate ao coronavírus no transporte público.

A reunião online foi pedida pelo MP através da promotora Filomena Aparecida Fluminhan, que constatou irregularidades em janeiro deste ano.

Em março de 2021, o Consórcio Guaicurus apresentou como defesa da multa que recebeu, um documento justificando as medidas tomadas para seguir os protocolos de biossegurança no transporte, apontando que os passageiros não colaboravam.

A defesa também alegou não existir uma relação entre o aumento de casos de covid-19 em Campo Grande, com um crescimento na quantidade de pessoas transportadas por viagens, conforme apontou o jornal Campo Grande News.

A videoconferência buscará colocar um término no impasse entre as partes e na multa aplicada.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta