Doria antecipa calendário de vacinação de adultos contra covid-19 para até 20 de agosto

Anúncio foi feito em coletiva de imprensa neste domingo (11). Foto: Reprodução.

Objetivo é vacinar adolescentes de 12 a 17 anos a partir do dia 23/08

JESSICA MARQUES
Colaboraram Adamo Bazani e Willian Moreira

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou que vai antecipar o calendário de vacinação dos adultos contra covid-19 para até 20 de agosto. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa na tarde deste domingo, 11 de julho de 2021.

Até a data, pessoas com 18 anos ou mais terão recebido pelo menos a primeira dose da vacina, segundo Doria.

O Estado começa a vacinar todos adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto. O público é de 3,2 milhões de pessoas na faixa etária.

O novo calendário de vacinação também inclui grávidas, gestantes e adolescentes com comorbidade ou deficiência na primeira fase, de 23 de agosto a 05 de setembro.

A partir de 06 de setembro, portanto, terá início a vacinação de adolescentes seguindo o critério de imunização por faixa etária.

“Assim, vamos vacinar todos com mais de 12 anos. Os jovens, adolescentes até 17 anos. Todos estarão vacinados no Estado de São Paulo até o dia 30 de setembro”, garantiu o governador, referindo-se à aplicação da primeira dose.

CONFIRA O CALENDÁRIO:

As empresas brasileiras de diversos setores apostam no avanço da vacinação contra covid-19 para a retomada da Economia. No setor de transportes, especificamente, a pandemia agravou a crise já enfrentada pelas companhias.

O adiantamento para 20 de agosto foi viabilizado com a compra de 30 milhões de doses extras da vacina Coronavac para uso nos 645 municípios paulistas.

“A antecipação é fruto da aquisição de doses extras da Coronavac, realizadas pelo Governo do Estado de São Paulo junto ao laboratório Sinovac”, disse o governador. Destas, 2,7 milhões já chegaram e estão no centro de distribuição.

SEGUNDA DOSE DA ASTRAZENECA NÃO DEVE SER ANTECIPADA

A coordenadora do PEI (Programa Estadual de Imunização), Regiane de Paula, disse na entrevista coletiva neste domingo (11) que até o momento o Estado de São Paulo não deve antecipar a segunda dose da vacina Oxford/AstraZeneca diante da presença da variante Delta (indiana) no Brasil. Diversos países estudam a antecipação.

De acordo com Regiane, estudos comprovam que a proteção da vacina num intervalo de cerca de 90 dias é maior, além do fato de haver ainda um percentual significativo de pessoas que sequer receberam a primeira dose.

BUTANVAC NO ANO QUE VEM JUNTO COM A VACINA DA GRIPE

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que a partir de janeiro de 2022, a ButanVac, vacina desenvolvida com a tecnologia do laboratório norte-americano, Mont Sinai, será usada num novo ciclo de vacinação contra a covid-19.

Este novo ciclo deve fazer parte de um novo PNI (Programa Nacional de Imunização) do Ministério da Saúde.

Dimas Covas disse ainda que o intuito é desenvolver uma tecnologia que possa em uma dose colocar as vaconas contra a covid-19 e contra a gripe.

O secretário estadual da Saúde Jean Gorinchteyn disse que o novo coronavírus “veio para ficar” e, acompanhando as mutações a vacinação terá de ser renovada constantemente, como ocorre com a gripe.

DORIA APOIA QUE SOMMELIER DE VACINA VÁ PARA O FIM DA FILA

Perguntado sobre a prática de alguns prefeitos que decidiram deixar para o fim da fila os “sommeliers” de vacina, ou seja, quem escolhe a marca da vacina e se nega de tomar se não for a desejada, o governador João Doria disse apoiar as medidas dos municípios. “Vacina não é para ser escolhida, é para ser tomada”.

O coordenador-executivo do Centro de Contingência contra a covid-19, João Gabbardo, explicou que quando uma pessoa se nega a tomar vacina por escolher a marca, além de tirar a vaga de quem quer e precisa, atrapalha todo o cronograma, já que os imunizantes são distribuídos por lotes de acordo com as idades as pessoas e têm prazo de validade.

Algumas cidades tomaram esta medida porque várias pessoas estavam rejeitando marcas como da AstraZeneca e a CoronaVac.

Na Grande São Paulo, por exemplo, tomaram esta decisão as cidades de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

DORIA VAI OPERAR DA HÉRNIA DIA 06 DE AGOSTO

O governador João Doria revelou que no dia 06 de agosto de 2021 terá de se submeter uma cirurgia de hérnia.

Segundo o governador, a cirurgia será no Hospital Israelita Albert Einstein.

Doria disse que não vai se afastar do governo e que ficará no hospital no sábado e domingo (7 e 8 de agosto) e deve ter alta na segunda-feira, dia 09 de agosto.

O governador diz sentir dores na coluna, em especial ao ficar em pé, e que neste momento se trata com analgésicos.

HORÁRIOS DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS

Na última semana, Doria ampliou o horário de funcionamento das atividades econômicas no Estado de São Paulo. Agora, restaurantes, padarias, shoppings, comércio e serviços podem funcionar até as 23h. A medida ficará em vigor até 31 de julho.

Relembre:

Doria mantém fase do Plano São Paulo contra a covid-19, mas amplia horários das atividades econômicas

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta