Guarulhos (SP) inicia fase experimental da Zona Azul sem cobrança para tirar dúvidas dos usuários

Orientação foi realizada ao longo do dia. Foto: Fábio Nunes Teixeira / Divulgação.

Serviço começa a ser pago a partir de 15 de julho por meio de um aplicativo que aceita Pix

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, iniciou nesta terça-feira, 06 de julho de 2021, a fase experimental e sem cobrança aos usuários da Zona Azul. Neste primeiro momento, 36 monitores estão orientando os motoristas sobre como proceder quando o serviço estiver efetivamente ativo e o pagamento for obrigatório.

A partir de 15 de julho, os motoristas terão que pagar para estacionar nas vagas rotativas da cidade. A Zona Azul está totalmente digitalizada e vai oferecer 2.994 vagas. Por meio de um aplicativo, os motoristas poderão reservar uma vaga por até duas horas, com um tempo mínimo de 30 minutos. O pagamento poderá ser feito de diversas formas na ferramenta, inclusive por Pix.

COMO USAR

A empresa Estacionamento Digital, que é responsável pelo serviço, desenvolveu um aplicativo que auxilia o dia a dia dos usuários ao fornecer desde informações em tempo real aos motoristas sobre os locais com vagas disponíveis até o gerenciamento da forma de pagamento.

O aplicativo está disponível para Android e iPhone. O motorista terá que efetuar o cadastro e comprar créditos para poder usar a Zona Azul.

Além disso, a Estacionamento Digital disponibilizou o pagamento do estacionamento rotativo com Pix também no site da própria empresa (www.estacionamentodigital.com.br). Neste caso, é preciso acessar a área logada, selecionar a cidade e clicar em “Comprar créditos”.

O processo pode ser feito por banco tradicional ou uma conta digital que disponibilize ao usuário a opção de ativar chaves Pix. Ao final da transação, o banco ou a carteira digital utilizada exibirá uma mensagem de confirmação do pagamento. Também é possível visualizar o extrato para confirmar a transação concluída e os créditos disponíveis na conta da Estacionamento Digital.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Silvio Canato disse:

    Zona azul nova ADM,como fica o cartão do idoso antes tinha uma tolerância gratuita ?

Deixe uma resposta