Cabo Frio (RJ) vai vacinar motoristas de ônibus nos dias 1º e 2 de julho, diz sindicato

Calendário se dará de acordo com a letra inicial do nome do trabalhador e local será sede de entidade sindical

ADAMO BAZANI

Os motoristas de ônibus de Cabo Frio (RJ) serão vacinados contra a covid-19 nos dias 1º e 2 de julho, quinta-feira e sexta-feira.

A informação foi divulgada pelo sindicato da categoria, o Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac), nesta segunda-feira, 28 de junho de 2021.

A imunização ocorrerá na sede do sindicato, na Rua José Paes de Abreu, 1010, bairro Jardim Flamboyant, das 9h às 13h e das 14h às 16h.

Ainda de acordo com a entidade trabalhista, o calendário se dará de acordo com a letra inicial do nome dos funcionários.

Dia 01º de julho de 2021: Motoristas com nomes iniciados de A a L

Dia 02 de julho de 2021: Motoristas com letras iniciais nos nomes de M a Z.

O sindicato diz que é prevista a aplicação de 262 doses de vacina para rodoviários que trabalham nas empresas Salineira e 1001. Para receber o imunizante, basta o trabalhador levar documento de identidade com foto. Seu nome será checado em uma listagem obtida pelo Sintronac junto às companhias.

Desde o início da pandemia, em março do ano passado, o sindicato registrou 64 mortes de rodoviários por consequências da doença em sua base, que compreende 13 municípios.

Por meio de nota, o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira, disse que a entidade ainda cobra um posicionamento de Niterói e São Gonçalo.

“Continuamos esperando respostas das prefeituras de Niterói e São Gonçalo sobre a vacinação dos rodoviários, que integram uma categoria prioritária pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 do Governo Federal”

Cabo Frio será a quinta cidade da base do Sintronac a vacinar os rodoviários em uma lista, que inclui Tanguá, Araruama, Maricá e Itaboraí.

No caso de Itaboraí, a imunização da categoria ocorrerá nos dias 30 de junho e 1º de julho.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta