TJ quer perícia para avaliar últimos reajustes tarifários do transporte público de São José dos Campos

Justiça atende a pedido da Defensoria Pública, que contesta índices aplicados

ALEXANDRE PELEGI

O transporte coletivo de São José dos Campos, interior de São Paulo, terá de passar por uma perícia técnica.

O objetivo é verificar eventuais irregularidades em auditoria realizada em 2019 que redundou nos dois reajustes da tarifa do transporte coletivo municipal em 2019 e 2020.

A determinação é do Tribunal de Justiça de São José dos Campos, em atenção a um pedido da Defensoria Pública, que contesta os reajustes pelas vias judiciais desde janeiro de 2019.

A informação é do jornal O Vale, que afirma que em caso de a perícia apontar alguma irregularidade, a Prefeitura poderá ter de rever o percentual aplicado nos aumentos tarifários.

A decisão do TJSP não definiu prazo, nem indiciou a empresa que fará a perícia,

Foram dois os reajustes, em 2019 e 2020, que trouxeram a tarifa para o valor atual de R$ 4,50.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta