Nova greve do transporte coletivo é iniciada em Presidente Prudente (SP) nesta quarta (16)

É a segunda paralisação em menos de um mês

Trabalhadores interromperam as atividades após tomarem conhecimento da falta de recursos financeiros da empresa

WILLIAN MOREIRA

Trabalhadores do transporte coletivo em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, iniciaram uma nova greve do setor nesta quarta-feira, 16 de junho de 2021.

O motivo da paralisação é o fato de a Prudente Urbano apresentar problemas para efetuar o pagamento dos salários de junho e o conhecimento por estes funcionários da declaração da empresas de estar com o caixa vazio, sem recursos para honrar os compromissos.

Por essa razão. um esquema especial de operação foi colocado em prática, com 50% da frota em circulação nos horários de pico e 35% dos veículos nos demais horários, o que representa 38 ônibus durante o período de maior movimento do dia.

No final de maio, uma greve aconteceu pelo mesmo motivo de atrasos nos pagamentos aos trabalhadores.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2021/05/26/greve-de-onibus-atinge-presidente-prudente-nesta-quarta-26/

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Daniel disse:

    Os responsáveis pela greve e os que aderiram inclusive, são responsáveis por mortes provenientes de quem se contaminou nos ônibus devido a aglomeração.
    Deveriam deixar empresas independentes fazer este tipo de transporte para suprir a falta, por exemplo, Buser, Guerino, Vans particulares, etc

Deixe uma resposta