Guarulhos (SP) contrata Fipe por R$ 2,3 milhões para reduzir subsídios às empresas de ônibus

Ônibus em Guarulhos

Contratação foi sem licitação; Trabalhos devem durar seis meses

ADAMO BAZANI

A gestão do prefeito Gustavo Henric Costa (Guti) formalizou a contratação, sem licitação, da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) para realizar estudos com o objetivo de achar caminhos para a que as finanças dos transportes públicos sejam mais eficientes e, com isso, haver a possibilidade de reduzir os valores de subsídios às empesas de ônibus.

A contratação é por R$ 2,3 milhões e foi publicada no Diário Oficial da cidade.

Os trabalhos vão durar seis meses.

EXTRATO DE CONTRATOS/TERMOS/AUTORIZAÇÕES DE FORNECIMENTO: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS nº 037701/2021-DLC Inexigibilidade: Inciso II, Art. 25 da Lei 8.666/ 93 P.A. 11956/2021 Contratante: M.G. (Sec. da Fazenda) Contratada: FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISAS ECONÔMICAS – FIPE Objeto: Serviços técnicos especializados para realizar estudos de otimização econômico e tarifário dos transportes urbanos coletivos, com intuito de reduzir o subsídio financeiro da Prefeitura Municipal de Guarulhos (PMG) para o sistema. Vigência: 06 meses Valor: R$ 2.398.493,00 Assinatura: 08/06/2021.

Somente em 2020, para complementar a diferença entre os custos de operação e a arrecadação nas catracas, a prefeitura teve de repassar às operadoras R$ 57 milhões.

Um dos objetivos do estudo é, além de reduzir custos do sistema, ampliar a possibilidade de receitas extra-tarifárias.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta