Diário no Sul

Empresas de ônibus de Londrina e sindicato dos trabalhadores chegam a acordo e greve marcada para esta terça (8) pode não ocorrer

Foto: Vagner Valani / Ônibus Brasil

Tudo depende agora de aprovação de assembleia da categoria que será realizada amanhã logo cedo, que poderá referendar negociação

ALEXANDRE PELEGI

Após várias rodadas de negociação, nesta segunda-feira, 7 de junho de 2021, trabalhadores e empresas do transporte coletivo de Londrina, no Paraná, finalmente chegaram a um acordo.

Caso a assembleia da categoria referende o acerto, a greve previamente marcada para esta terça-feira (8) será suspensa. A assembleia será realizada logo pela manhã.

Como mostrou o Diário do Transporte, os trabalhadores marcaram greve por tempo indeterminado para amanhã em assembleia realizada no dia 02 de junho, na expectativa de um avanço nas negociações. Relembre:

Londrina poderá ter nova greve do transporte coletivo a partir da próxima terça (8)

O encontro desta tarde reuniu o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Londrina (Sinttrol) e as empresas de ônibus Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) e a Londrisul, ambas concessionárias dos serviços locais.

A reunião foi realizada na sede da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU).

Dentre os pontos acordados está o PPR (Programa de Participação de Resultados), algo que as empresas queriam retirar mediante a alegação de graves prejuízos financeiros decorrentes dos impactos causados pela pandemia de covid-19. Ficou assegurado pela TCGL e pela Londrisul que o pagamento dos valores da PPR 2020 será pago em parcela única.

Outro ponto acertado foi um aumento no tíquete alimentação. Atualmente em R$ 324,74, o valor será aumentado para R$ 375,00 a partir de 1º de julho de 2021. Este reajuste, no entanto, está condicionado ao pagamento pela prefeitura do reequilíbrio financeiro do contrato de concessão.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta