PRF faz operação no DF e impede motorista de ônibus que iria dirigir embriagado

Profissional tinha 0,26 miligramas de álcool por litro de ar, limítrofe para ser considerado crime

ADAMO BAZANI

A Polícia Rodoviária Federal realiza na manhã desta quinta-feira, 03 de junho de 2021, a Operação Passageiro Seguro e, na rodoviária de Brasília, evitou que um motorista de ônibus embriagado realizasse uma viagem.

Os agentes submeteram o profissional, de 35 anos de idade, ao exame do “bafômetro”, que constatou 0,26 miligramas de álcool por litro de ar, expelido, o que segundo a corporação é limítrofe para ser considerado crime.

O condutor da Viação Goianésia iria fazer a linha Brasília (DF)/Ceres (GO).

Como não foi flagrante, ou seja, como no momento da abordagem o motorista não estava dirigindo, ele foi liberado.

Segundo a PRF, o motorista disse que tomou na noite de quarta-feira (02), quatro garrafas de cerveja antes de dormir.

A operação conta com o apoio do DER – Departamento Estadual de Estradas de Rodagem.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Paulo Adriano BARBOSA disse:

    Os exames são necessários visto que tem muito drogados no volante, mais uma vez PENALIZA apenas os cidadoes trabalhadores e CUMPRIDORES de seus DEVERES, as categorias amadoras além de NÃO GASTAR com mais ESSA despesa podem FUMAR CHEIRAR etc e não tem nem custo, nem punição , deveria ser analisado o aparelhamento dos equipamentos pra focalizar os infratores no ATO DA CONDUÇÃO, aí sobraria até p/quem fiscaliza, legisla, julga e prende assim SERIA uma coisa SÉRIA E JUSTA.🇧🇷✊👍

Deixe uma resposta para Paulo Adriano BARBOSA Cancelar resposta