Ônibus é incendiado por bandidos na Zona Sul de São Paulo

Bando prejudicou trabalhadores que dependem do transporte coletivo

Veículo ficou atravessado na avenida e a Polícia Militar chegou a trocar tiros com os criminosos

WILLIAN MOREIRA

Um ônibus do transporte coletivo de São Paulo foi incendiado no final da madrugada desta quarta-feira, 2 de junho de 2021, na Avenida Carlos Barbosa Santos, Zona Sul da cidade.

A ação criminosa aconteceu aproximadamente às 05h17, momento em que o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender um chamado de fogo em ônibus.

A Polícia Militar chegou primeiro ao local e ocorreu uma troca de tiros com criminosos que estavam ateando fogo no veículo.

As chamas além de destruir o ônibus, danificaram a rede elétrica de alimentação das casas e comércios, causando a interdição da avenida na altura do número 600 e impactando em linhas da região.

Em nota, a SPTrans diz que outro ônibus foi atacado pelos marginais, mas sem ser incendiado

“A SPTrans informa que o ônibus de prefixo 61.260, da linha 675G/10 Pq. Res. Cocaia – Metrô Jabaquara, foi incendiado às 5h17 desta quarta-feira, 2 de junho, na Av. Carlos Barbosa dos Santos, 723, Grajaú, sentido bairro, após uma ocorrência policial.

Já o ônibus de prefixo 61.543, que operava na linha 5362/23 Jd Pq. Res. Cocaia – Vicente Rao, teve seus vidros quebrados na Av. Dona Belmira Marin, 5.300, Grajaú, sentido bairro.

Os casos foram levados ao 101º DP Cidade Dutra.

Ambos os coletivos estavam em operação e foram abordados por indivíduos que ordenaram a descida de passageiros e operadores. Em seguida, os ônibus foram atravessados nas vias, sendo necessário implementar desvios em quatro linhas.

As linhas 6053/10 Jd. Ellus – Term. Grajaú, 6080/10 Jd. Lucélia – Shop. Interlagos e 6120/10 Jd. Lucélia – Term. Grajaú desviam pelas ruas do entorno da Av. Carlos Barbosa dos Santos.

A linha 6L11/10 Ilha do Bororé – Term. Grajaú desvia pela Rua Engenheiro Guaracy Torres, próxima à Av. Dona Belmira Marin”

Veja abaixo os itinerários afetados:

6053-10 – Jardim Ellus / Terminal Grajaú

6080-10 – Jardim Lucélia / Shopping Interlagos

6120-10 – Jardim Lucélia / Terminal Grajaú

Um dos suspeitos de integrar esse bando recebeu um tiro na perna e foi detido.

O artigo 163 do Código Penal deixa claro que destruir inutilizar ou deteriorar o bem ou serviços de uma união, tanto estado, quanto município é considerado crime contra o patrimônio público. São enquadrados também bens privados a serviço público, que é o caso de ônibus de concessionárias e permissionárias de transporte público.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta