Rodoviários de Fortaleza fazem assembleia na manhã deste sábado (29) para encaminhar campanha salarial

Sindicalistas percorreram garagens durante a semana convocando para Assembleia Geral. Foto: Garagem da Vega S/A Transporte Urbano (Sintro-CE)

Ato foi realizado na rua, em frente à sede da entidade, o que paralisou o trânsito na região

ALEXANDRE PELEGI

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE) realizou na manhã deste sábado, em frente à sede do Sindicato em Fortaleza, uma assembleia da categoria para debater a campanha salarial 2020 e 2021.

O presidente do Sintro, Domingos Neto, afirmou nas convocações feitas que um dos objetivos é “construir a greve da categoria“.

Devido à quantidade de trabalhadores, o ato precisou ser realizado nas ruas, em frente à sede da entidade, o que causou transtornos ao trânsito no Bairro Benfica.

A Polícia Militar foi chamada para desobstruir o bloqueio provocado pela multidão que se juntou no cruzamento das vias Tristão Gonçalves e Domingos Olímpio.

Durante a semana a diretoria do Sintro passou por várias garagens de empresas em Fortaleza para convocar os rodoviários para a assembleia. Em nota divulgada pelo Facebook da entidade, o sindicato denuncia que “os patrões não atenderam as reivindicações dos trabalhadores rodoviários de reajuste salarial 2020 e 2021 e demais direitos (reajuste no vale, cesta, etc), e por isso precisamos ter uma ASSEMBLEIA BEM MASSIVA E REPRESENTATIVA para decidirmos, juntos, como construir nossa greve para conquistar o que merecemos”.

Às 15h deverá acontecer a segunda rodada da Assembleia.

Uma nova reunião dos trabalhadores para discutir os rumos do movimento de reivindicações será realizada na próxima quinta-feira, 3 de junho, quando a alternativa de greve geral poderá ser avaliada como instrumento de luta da categoria.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta