Greve do transporte coletivo em Presidente Prudente (SP) chega ao segundo dia

Paralisação teve início nesta quarta. Foto: Allyson Cerqueira Alvares/Ônibus Brasil.

Trabalhadores sinalizam que só retomam as atividades quando os direitos em atraso forem pagos

WILLIAN MOREIRA

A greve dos funcionários do transporte coletivo de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, iniciada nesta quarta-feira, 26 de maio de 2021, entrou no seu segundo dia nesta quinta, 27.

Os trabalhadores interromperam as atividades cobrando o pagamento do vale-alimentação e o adiantamento do salário, que deveria ter sido pago em 20 de maio.

Segundo o Sintrattepp (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Terrestre de Presidente Prudente e Região), após uma reunião com a empresa Prudente Urbano, operadora do serviço, haverá definição dos rumos da greve.

Sem o transporte coletivo, a população precisa optar pelo uso de táxis, carro por aplicativo ou deslocamentos a pé, além de automóveis particulares.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta