Prefeitura do Rio de Janeiro anuncia Plano de Demissão Opcional a trabalhadores do BRT

Medida foi um pedido do sindicato da categoria após anúncio de demissões. Foto: Divulgação.

Adesão deve ser feita até quinta (27), segundo o documento

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou aos funcionários do BRT Rio um PDO (Plano de Demissão Opcional). A adesão pode ser feita até quinta-feira, conforme consta no documento enviado aos trabalhadores.

Entretanto, a inscrição no PDO não significa que a demissão será automaticamente aceita pelo BRT Rio. Será feita uma avaliação diante da necessidade operacional, fluxos financeiros e quantidade de vagas disponíveis.

Assim, o trabalhador que se inscrever deve continuar trabalhando até que seja comunicado sobre o andamento do pedido, também conforme orientação divulgada no documento.

O PDO foi uma medida tomada pela Prefeitura após uma solicitação do sindicato dos rodoviários. O pedido foi feito quando o BRT Rio anunciou que haveria demissões na empresa.

O comunicado é assinado pela interventora do BRT, Claudia Antunes Secin. De acordo com o documento, a redução da força de trabalho será feita de forma “planejada e equilibrada”, com o objetivo de não prejudicar o serviço.

Confira o documento, na íntegra:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta