Greve de ônibus em Ribeirão Preto entra no terceiro dia, mas com parte da frota em operação nesta quarta (26)

TRT determinou 50% dos ônibus operando no pico e 35% nos demais horários

ADAMO BAZANI

Entra no terceiro dia, nesta quarta-feira, 26 de maio de 2021, a greve de motoristas de ônibus de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, mas com uma diferença em relação aos dois dias anteriores.

As operações estão parciais e não mais 100% paradas.

É que o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinou frota de ao menos 50% nos horários de pico e de 35% nos demais horários.

A decisão é do desembargador do Trabalho Francisco Alberto da Motta Peixoto Giordani, que ainda determinou realização de uma audiência de conciliação por videoconferência na próxima terça-feira, 1° de junho de 2021, com os dirigentes sindicais, responsáveis pelas empresas Rápido D’oeste Ltda e Transcorp (Transporte Coletivo de Ribeirão Preto Ltda) e representantes da Prefeitura de Ribeirão Preto.

Os trabalhadores protestam contra o não pagamento do adiantamento salarial que deveria ter sido realizado no dia 20 de maio e pediam vacinação da categoria contra a covid-19.

A imunização começa nesta quarta-feira pela prefeitura.

Sobre o pedido trabalhista, não houve acordo ainda já que as empresas alegam que estão sem recursos financeiros por causa da queda da demanda provocada pela pandemia.

Entretanto, mesmo havendo um acordo ainda hoje, o passageiro de Ribeirão Preto vai ficar sem transporte até segunda-feira, 31 de maio.

É que entre os dias 27 (quinta-feira) e 31 de maio, os serviços de ônibus municipais serão suspensos por determinação da prefeitura como medida para tentar desestimular a circulação de pessoas e, consequentemente, o contágio pela covid-19.

Os casos da doença subiram em Ribeirão Preto e a ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) já está em níveis considerados preocupantes.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/05/24/ribeirao-preto-sp-vai-suspender-transporte-coletivo-por-cinco-dias-a-partir-de-27-de-maio-contra-a-covid-19/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta