Vacinação contra covid-19 de motoristas de ônibus em São Paulo inclui operadores da RTO e do Serviço Ligado, diz EMTU

À frente, micro-ônibus da RTO e atrás, ônibus municipal da capital paulista

Imunização começa nesta terça-feira (18); Apenas dos ônibus metropolitanos em todo o Estado são 16.131 profissionais

ADAMO BAZANI

Começa nesta terça-feira, 18 de maio de 2021, a vacinação contra a covid-19 de motoristas e cobradores de ônibus em todo o Estado de São Paulo.

A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que gerencia os ônibus intermunicipais nas cinco regiões metropolitanas do Estado, enfatizou por meio de nota nesta segunda-feira (17) que também possuem direto à imunização os profissionais que atuam na Reserva Técnica Operacional (RTO) e no Sistema Ligado, independentemente da idade.

De acordo com a EMTU, ao todo, são 16.131 profissionais ligados às empresas gerenciadas pela EMTU, à RTO e ao Ligado nas cinco regiões metropolitanas do Estado. Divido por região são: 13.116 na Grande São Paulo, 1.011 na Baixada Santista, 946 na Região Metropolitana de Campinas, 831 no Vale do Paraíba / Litoral Norte e 227 profissionais na Região Metropolitana de Sorocaba.

Por meio de nota, a gerenciadora explicou que Quem estiver nesses grupos deverá confirmar as informações no sistema “VaciVida”, por meio do site www.vacinaja.sp.gov.br/transportesmetropolitanos . O pré-cadastro terá início pelo CPF e cada pessoa receberá por e-mail e/ou celular um código QR que será conferido pelo agente de saúde na sala da vacinação. Todos os funcionários deverão apresentar documento pessoal e funcional, além do QRCode impresso ou em celular para confirmação no dia da vacinação e os dois últimos holerites (para os motoristas e cobradores de ônibus) ou o Certificado de Registro de Operação – CRO (para RTO e Ligado).

Os trabalhadores receberão a vacina na cidade de domicílio que está no cadastro. Importante atentar também ao plano municipal de vacinação de cada cidade, algumas prefeituras estão exigindo agendamento prévio.

“O governo do Estado de São Paulo se orgulha em fornecer vacina para milhões de brasileiros e agora para os profissionais responsáveis pelo transporte de milhões de passageiros, que se empenham diariamente em contato direto com os cidadãos que dependem do transporte”, complementou na nota, o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Wille de Sousa Ferreira disse:

    E aqui em santo André,o prefeito não fala nada, de nós motorista,nada de abrir as inscrições?

  2. Wille de Sousa Ferreira disse:

    Dá uma ajuda pessoal, dá uma ajuda Adamo?

Deixe uma resposta