Em São Paulo, postos de vacinação contra covid-19 chegam à Linha 4-Amarela de metrô a partir de segunda (17)

Grupos prioritários poderão receber a imunização nas estações República e Butantã. Foto: Divulgação.

Atendimento é realizado nos terminais da EMTU e em estações da CPTM e do Metrô desde quinta (13)

JESSICA MARQUES

Na capital paulista, a população poderá se vacinar contra covid-19 em estações da Linha 4-Amarela de metrô a partir de segunda-feira, 17 de maio de 2021. O atendimento aos grupos prioritários será nas estações República e Butantã.
A informação foi divulgada pela ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô.
“Na Linha 4-Amarela a vacinação terá início na segunda-feira, dia 17 de maio, com aplicação das primeiras doses do imunizante nas pessoas pertencentes aos grupos prioritários, segundo o Plano Estadual de Imunizações (PEI). Nas estações, os postos funcionarão de segunda a sábado, das 9h30 às 17h.”
Desde quinta (13), a imunização já está disponível em estações do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), além de terminais de ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).
O atendimento é das 9h30 às 17h, nos seguintes locais: CPTM – Estações Guaianases, na Linha 11-Coral, e São Miguel Paulista; Jardim Helena-Vila Mara e Itaim Paulista, na Linha 12-Safira. Metrô Linha 3-Vermelha – Estação Corinthians-Itaquera; EMTU – Terminal de Ônibus São Mateus da EMTU.
No link http://vacinaja.sp.gov.br/, é possível acessar as informações sobre os públicos que integram os grupos a serem vacinados nessa etapa. A imunização contra a covid-19 nos transportes começou em 13 de maio, em estações da CPTM, Metrô Linha 3-Vermelha e no Terminal de Ônibus da EMTU São Mateus, na zona leste.

Relembre:
Estações do Metrô e da CPTM e terminais de ônibus da EMTU terão postos de vacinação contra a covid-19 a partir desta quinta (13), diz Doria
Jessica Marques para o Diário do Transporte
Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Ismael Junior disse:

    De que adianta os postos de vacinação se não tem vacina suficiente?

Deixe uma resposta