Casagrande libera Transcol até meia noite e ocupação de 100% nos ônibus rodoviários no Espírito Santo

Governador em anúncio na noite desta sexta-feira, 14 de maio de 2021

Medidas entram em vigor a partir de segunda-feira, 17 de maio de 2021, com nova classificação no mapa de risco

ADAMO BAZANI

Os ônibus do sistema Transcol, em Vitória e em parte de região metropolitana, vão poder operar das 05h à meia noite a partir de segunda-feira, 17 de maio de 2021.

A informação é do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, em pronunciamento por meio de redes sociais na noite desta sexta-feira (14).

Além disso, os ônibus intermunicipais e interestaduais poderão operar com ocupação de todos os assentos.

De acordo com o governador, as medidas ocorrem por causa da melhoria dos índices relacionados à covid-19.

Na atualização do mapa de risco do Estado, válida de 17 a 24 de maio, nenhuma cidade está em risco extremo para a doença, 28 estão em risco alto, 32 em risco moderado e 18 em risco baixo.

Casagrande anunciou critérios diferentes para as classificações do mapa de risco.

Os municípios que estiverem em queda de risco não precisam ficar 14 dias na mesma classificação como era até então.

Se a cidade apresentar queda depois de sete dias já pode mudar de fase.

Cai também a regra de conturbação, ou seja, não serão avaliadas mais as regiões, mas os municípios individualmente.

Por meio de nota, o governo do Estado informa a nova classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Águia Branca, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Colatina, Governador Lindenberg, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, João Neiva, Mucurici, Muqui, Piúma, Ponto Belo, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Brejetuba, Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iúna, Jerônimo Monteiro, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama e Vitória.

RISCO ALTO: Alegre, Anchieta, Apiacá, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Ecoporanga, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Irupi, Itapemirim, Linhares, Marataízes, Montanha, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Bananal, São José do Calçado, Serra, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério e Vila Velha.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta